Zona de Risco

Acidentes, Desastres, Riscos, Ciência e Tecnologia

domingo, fevereiro 24, 2019

Colete salva-vidas infla automaticamente quando criança cai na água

Assim que se molha, o colar salva-vidas
infla em 3 a 4 segundos.
Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Tecnologia de Kaunas (Lituânia) desenvolveu um protótipo de salva-vidas inteligente que infla assim que entra em contato com a água, mantendo a cabeça do seu utilizador acima da superfície mesmo quando a pessoa não tem condições de acionar um equipamento - ferida ou em pânico, por exemplo.

O principal objetivo da equipe é proteger as crianças. O afogamento é uma das causas mais frequentes de morte acidental em crianças pequenas (1-4 anos). Isso acontece principalmente em lagos e rios, e a supervisão dos pais nem sempre é suficiente para evitar esses acidentes.

"Nosso colete salva-vidas funciona de forma parecida com um airbag em um carro. Assim que o sensor instalado no colar toca a água, ele ativa o mecanismo de liberação, que infla totalmente os airbags em 3 a 4 segundos, elevando o usuário à superfície da água. A cabeça do nadador é mantida sobre a água e ele ou ela não pode se afogar," disse Tadas Juknius, o autor da ideia.

O colete inflável - que na verdade é um colar - pesa aproximadamente 120 gramas, o peso de um celular. Ele deve ser usado ao redor do pescoço e seu criador garante que ele não restringe os movimentos da criança.

"Nós apresentamos nosso protótipo em feiras internacionais e recebemos críticas muito positivas. A próxima etapa é projetar um protótipo para produção em massa," disse Kristina Judine, que se tornou sócia de Juknius em uma empresa que está tentando comercializar a tecnologia. Diario da Saúde - 21/02/2019

Marcadores: , ,

posted by ACCA@12:00 PM

0 comments

Aparelhos eletrônicos têm novo padrão global para prevenir perda auditiva

Quase 50% das pessoas entre 12 e 35 anos (1,1 bilhão) corre o risco de sofrer perda auditiva devido à exposição prolongada e excessiva a sons altos - incluindo por meio dos aparelhos de áudio pessoais, como celulares e tocadores de MP3.

Por isso, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a União Internacional de Telecomunicações (UIT) publicaram um novo padrão internacional para a fabricação e o uso desses aparelhos, com o objetivo de torná-los mais seguros para quem os utiliza.

"Dado que possuímos conhecimento tecnológico para prevenir a perda de audição, tantas pessoas não podem continuar sendo prejudicadas enquanto ouvem música," disse Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS. "Elas devem entender que, uma vez que perdem a audição, não é possível recuperá‑la”.

Aparelhos de áudio seguros

O novo padrão recomenda que os aparelhos de áudio pessoais incluam:

· Função de "permissão de som": software que rastreia o nível e a duração da exposição do usuário ao som, como porcentagem usada a partir de uma referência.
· Perfil personalizado, com base nas práticas do usuário e que os informa o quão seguramente (ou não) estão ouvindo, com dicas para a ação com base nessas informações.
· Opções para limitar o volume, entre elas a redução automática do som e controle parental.
· Orientações aos usuários sobre práticas de escuta seguras, tanto por meio de dispositivos de áudio pessoais quanto por outras atividades de lazer.

O padrão OMS-UIT para dispositivos de áudio seguros foi desenvolvido por especialistas de ambas as instituições durante um processo de dois anos, com base nas mais recentes evidências e consultas com uma série de partes interessadas, incluindo especialistas de governos, indústria, consumidores e sociedade civil.

A OMS recomenda que governos e fabricantes adotem esse padrão voluntariamente. A sociedade civil, em particular as associações profissionais e outras que promovem cuidados auditivos, também têm um papel importante na defesa do padrão e na conscientização do público sobre a importância de práticas seguras de escuta para que os consumidores exijam produtos que os protejam da perda auditiva. Fonte: Diário da Saúde-20/02/2019

Marcadores: ,

posted by ACCA@3:00 AM

0 comments

sábado, fevereiro 23, 2019

Cartilha gratuita de nanotecnologia

O Instituto de Química da USP (Universidade de São Paulo) lançou a cartilha Nanotecnologia para todos!, com o objetivo de divulgar as nanotecnologias e as nanociências.
De autoria dos professores Delmárcio Gomes e Henrique Toma, a cartilha é gratuita e foi criada para ser uma ferramenta de ensino no ensino médio e técnico.

Por meio de linguagem didática e com muitas ilustrações, a publicação tem como objetivo levar conhecimento aos estudantes sobre nanociências e disponibilizar aos educadores e professores um material para uso em sala de aula.
Segundo os autores, a idealização da cartilha nasce do desejo de popularizar o tema da nanotecnologia dentro das escolas do Brasil, fomentando iniciativas de pesquisas e permitindo que os estudantes tenham acesso à informação e se conscientizem do avanço dessa nova área da ciência.

Em sua versão digital, a cartilha de nanociências está disponível para download no endereço:
Nanotecnologia
Fonte: Agência Fapesp -  05/02/2019

Marcadores: ,

posted by ACCA@10:38 AM

0 comments

sexta-feira, fevereiro 22, 2019

Antichama de papel

Por esta ninguém esperava: Papel reciclado pode ser transformado em um material antichamas de alto desempenho.
Quem merece todo o crédito por ter apostado nessa ideia pouco convencional, para dizer o mínimo, é a pesquisadora Franziska Grüneberger, do Laboratório Federal Suíço de Ciência e Tecnologia de Materiais (EMPA).

Mas como transformar um dos materiais que apresentam maior risco de incêndio em um produto que proteja contra o fogo?
O segredo está naquilo que os cubos de papel reciclado fabricados por Franziska não fazem: desmoronar. Esta mesma propriedade é importante para oferecer proteção a longo prazo contra incêndio para elementos de suporte em casas de madeira.

A inovação está no ligante que permite dar firmeza aos blocos de papel reciclado, algo que é difícil de alcançar na produção industrial de qualquer tipo de camada isolante, e em um processo que gruda o material quase instantaneamente, para que ele se aloje nos espaços onde será instalado na construção.
"Juntamente com Willi Senn, engenheiro de desenvolvimento da Isofloc, nós iniciamos uma série de experimentos e combinamos as fibras isolantes com diferentes aditivos," conta a pesquisadora, sem dar detalhes de qual foi o aditivo escolhido.

Os flocos resultantes foram soprados em várias molduras de madeira, juntamente com uma cavidade idêntica com flocos sem o novo aditivo. As molduras foram expostas a chamas a temperaturas de 800 a 1.000 graus Celsius por uma hora.
O novo isolante térmico à base de papel reciclado resistiu ao teste e protegeu a construção de forma confiável, sem queimar e sem lançar faíscas incandescentes. Os flocos sem o aditivo, por sua vez, caíram da estrutura de madeira por falta de aderência, falhando na proteção.

O desenvolvimento final agora está sendo feito nos laboratórios da empresa financiadora da pesquisa, a Isofloc, que prevê colocar o produto no mercado em cerca de um ano. Fonte: Redação do Site Inovação Tecnológica -  19/02/2019

Marcadores:

posted by ACCA@9:41 AM

0 comments

terça-feira, fevereiro 19, 2019

Lembrança:Tragédia em clube noturno de Chicago

O exterior do restaurante e do Clube Noturno Epitome
O acidente ocorreu por volta das duas horas da madrugada de segunda-feira, 17 de junho de 2002, (5 horas de Brasília) quando cerca 400 pessoas estavam no Epitome Night Club - um clube da zona sul da cidade de Chicago, num edifício de dois andares que reúne restaurante (térreo) e clube noturno (andar superior)  e é freqüentado principalmente pela comunidade negra.

CAUSA: CONTROVÉRSIA
■Segundo a versão de testemunhas, uma briga entre três mulheres teria sido o estopim da confusão. E para acabar com o tumulto, seguranças da casa teriam usado spray de pimenta e/ou Mace (spray de defesa pessoal). Na ânsia de escapar do local, as pessoas se esmagaram contra a porta que estaria trancada na hora do incidente.
■O clube estava tão lotado, que ninguém podia dançar direito. Segurar ainda um drinque e ficar sem levar  acotovelada era uma façanha. Então, vários rapazes na pista de dança trocaram insultos . Os  seguranças deslocaram para o local para separar a confusão e alguém disparou o spray  de pimenta e gerando pânico entre os freqüentadores, que procuraram fugir.
■•Segundo a versão de testemunhas, uma briga entre três mulheres teria sido o estopim da confusão. Um dos 12 seguranças da Epitome, disse que o local estava tão cheio que seus colegas tiveram problemas para chegar ao local da briga, próximo da pista de dança. "Vários homens que pareciam bêbados estavam em círculo incentivando a briga, e um dos nossos homens foi derrubado. Foi aí que alguém pegou um aerossol e começou a espalhar spray de pimenta na multidão."

TESTEMUNHAS: PÂNICO
A multidão  tentando sair do clube.
■“Parece que o distúrbio conduziu para um caos coletivo, onde as pessoas rumaram em  direção a porta. A maioria de das fatalidades parece que foi por esmagamento ou por  sufocação,’’ disse o policial Ozzie Rodrigues.
■Reggie Clark, uma das freqüentadoras da Casa Noturna, disse que "todo mundo se assustou, as pessoas choravam, ninguém conseguia respirar".
■Outra testemunha disse; Eles viram vítimas com rostos esmagados e pernas quebradas, uma mulher grávida que estava passando mal e outros pedindo  água, ar e gelo. As pessoas estavam tão empilhadas, como se fosse sardinha no piso , ainda quatro ou cinco outras pessoas tentaram remover os corpos e não conseguiram sair.
■As testemunhas disseram centenas de pessoas aterrorizadas rumaram em direção a porta. Ouviam os gritos que o incidente era um ataque terrorista. Alguns deles contaram a CNN News, que as pessoas gritaram "gás venenoso." Lakeshia Blackwell, 20, ouviu alguém dizer, "apostarei que é Bin Laden."  Quando algumas pessoas começaram a vomitar ou desmaiarem, aparentemente do gás, a   multidão começou a empurrar para descer a escadaria, único acesso principal  para fora.
 
CORPO DE BOMBEIROS E SOCORRISTAS
Às 2h 24min da manhã, o Corpo de Bombeiros de Chicago recebeu chamado de emergência.,  para atender uma mulher grávida no clube. Os bombeiros e para-médicos  ajudaram a mulher grávida  no restaurante que estava vazio, no térreo e eles ouviram barulho no andar superior. Olharam para cima, viu as pessoas descendo rapidamente a escada  e chamando ajuda.

Chegando minutos mais tarde, o comandante da operação dos bombeiros Joseph Gloude, que olhou para a escadaria, era um horror. Viu corpos, empilhando num entrelaçamento nauseante  de braços e pernas inutilmente torcidos juntos  num monte de 1,80 m de extensão. "Lembrou-me das fotos que você poderia ver dos campos de concentração, como eles  eliminavam os corpos," disse Gloude . Cerca  200 pessoas estavam espremidas na escadaria, tentando sair do clube.

"Havia choros e gritos das pessoas na escadaria. As pessoas que ficaram no meio e no fundo estavam esmagadas," disse Gloude. Os bombeiros lutaram para  remover as pessoas do fundo da pilha, mas os corpos não se mexiam. Os socorristas subiram a escada por uma rota alternativa  e retiraram as vítimas espremidas no topo da escada. Levaram cerca de uma hora e meia.

SAÍDAS BLOQUEADAS
■Os bombeiros atenderam a emergência,  na Casa Noturna, no segundo piso do restaurante  Epítome, na avenida Michigan no 2347 S. No local encontraram  várias portas trancadas ou bloqueadas e utilizaram marretas e pés de cabra para arrombar algumas portas, de modo que as pessoas pudessem ser salvas, disse o comandante dos bombeiros, James Joyce..
■“Encontramos  portas trancadas. Encontramos portas bloqueadas por mercadorias e em alguns casos  com  sacos de lavanderia. Essas são infrações do código de incêndio ,”  disse Joyce, comandante dos bombeiros. A maioria de das mortes parece que ocorreu em frente à escadaria principal do Night Clube e eram devido à parada cardíaca, disse o comandante dos bombeiros . Ele afirmou com as portas trancadas ao redor do edifício foi "fator determinante " nas mortes e feridos. "É uma tendência natural para as pessoas tentarem sair pelo caminho que eles entraram," ele disse.
■"Havia pessoas que tentavam sair e não podia sair,” disse, James Joyce. “Não podemos explicar como o gerente ou o proprietário permitiram isso. Entendemos que eles têm alguns procedimentos rígidos de segurança, mas não podemos permitir isso nas saídas de emergência”. 
■A escadaria tinha 1,20 m de largura

1-Escadas localizadas no fundo do clube noturno, estavam bloqueadas
2-Escada principal de entrada. A maioria das mortes ocorreu no corredor e patamar, atropelo, esmagamento, devido à porta que estava trancada.
2o piso – Clube Noturno Epitome
Térreo -  Restaurante

VÍTIMAS
Pelo menos 21 pessoas foram mortas, 53 foram levadas aos hospitais e um número incontável foi procurar tratamento médico por conta própria.

PROPRIETÁRIOS DA CASA NOTURNA SERÃO PROCESSADOS EM CHICAGO
Os proprietários do Epitome Night Clube, de Chicago, serão processados criminalmente pelas mortes. Eles desobedeceram à ordem judicial que proibia o uso do segundo andar do clube.

CONTROVÉRSIAS NO FECHAMENTO DO NIGHT CLUBE
O clube tem  um “histórico de infrações de código,” de acordo com o porta voz Kristen Lobbins Cabanban do departamento de obras.  “Havia infrações do código relativo às saídas. Quantas, eu não sei com certeza. Mas eles foram citados por falta de saídas suficientes,” ela disse.

A última inspeção ocorreu no último verão, quando havia uma “ordem judicial expedida pelo juiz Lynch a ser cumprida ,” disse Lobbins Cabanban . Ela não sabia explicar o motivo pelo qual o  clube continuou  em funcionamento.

“Eu não entendo como eles podem escapar das conseqüências disso,” disse Bernad  Stone, presidente do Conselho do Comitê de Obras da cidade. “Se você tem uma ordem judicial para corrigir ou fechar, eles deveriam ter fechado. Se a ordem foi emitida último verão e eles deixaram passar, isso é indesculpável”.

O superintendente da policia, Terry Hillard disse, que a polícia investigou 80 incidentes que supostamente ocorreram no interior e ao redor do clube desde 2000 - “de uma simples agressão a tumultos”.

NOVAS SANÇÕES
O juiz Daniel Lynch, determinou que a prefeitura deve mostra mais evidencias para justificar as sanções (prisão dos responsáveis).
A prefeitura reivindicou a ordem judicial do ultimo julho que proibiu o funcionamento do clube no segundo piso do edifício, o local do tumulto de segunda-feira.
Os advogados do clube disseram que o problema discutido na ordem judicial do “segundo piso" refere-se a uma área denominada, setor VIP (skybox)  , no interior do clube e não  o segundo piso do edifício.
As autoridades da prefeitura não disseram imediatamente quais os procedimentos que  tomariam sobre a decisão do juiz. As autoridades da prefeitura pediram suspensão temporária, para fechar o clube e os responsáveis pelo clube concordaram  em fechar o clube e bem como o restaurante. O juiz Daniel Lynch aprovou o acordo.

TUMULTOS EM CONCERTOS, EVENTOS ESPORTIVOS E RELIGIOSOS QUE MATAM CENTENAS DE PESSOAS TODOS OS ANOS

LOCAIS DOS CONCERTOS

3 de dezembro de 1979 – Cincinatti, USA, 11 mortes, pisoteamento e esmagamento para entrar no concerto do conjunto The Who

29 de agosto de 1980 – Maeru, Lesotho, África do Sul, 20 pessoas morreram no tumulto quando a policia jogou gás lacrimogênio na multidão que tentava forçar o caminho para o concerto de Steve Kekana

30 de setembro de 1987 -  cidade do México, 4 pessoas morreram, quando 25.000 pessoas estava esperando a execução do conjunto Timbiriche, Flans e Fresas, foram empurradas  na área do concerto.

19 de dezembro de 1987 – Nashville, Tennessee, USA, duas garotas morreram no tumulto, durante o show publico do conjunto Enemy

18 de Janeiro de 1991 – Salt lake City, USA, três garotas foram mortas, quando a multidão correu  para ocupar os lugares , durante o show do conjunto AC-DC.

28 de dezembro de 1991 – Nova Iorque, USA,  8 pessoas morreram sufocadas, quando a multidão tentava entrar no Ginásio da Universidade de Nova Iorque, para uma partida beneficente de basquetebol.

30 de maio de 1999 – Minsk, Belarus,  Rússia, 53 pessoas morreram quando a multidão fugia de uma tempestade e tumulto em festival de cerveja numa passagem subterrânea      

1 de Julho de 2000 – Copenhague, Dinamarca, 8 pessoas morreram em tumulto de fãs para alcançar o cantor  Pearl Jam em concerto ao ar livre.

17 de Fevereiro de 2003 –  Chicago, USA, pelo menos 21 pessoas morreram em Night Clube, quando pessoas rumaram para as saídas, que estavam bloqueadas, depois que alguém utilizou cassetete ou spray de pimenta.

ESTÁDIOS DE FUTEBOL

23 de Junho de 1968 – Buenos Aires, Argentina;  74 mortes, quando os torcedores tentaram sair do estádio pela saída que estava fechada e houve tumulto.

12 de Marco de 1988 – Katmandu, Nepal; pelo menos 95 mortes e mais de 100 feridos quando os torcedores fugiram de uma tempestade de granizo, desordenadamente e encontraram as saídas do estádio fechadas.

15 de abril de 1989 – Sheffield, Inglaterra; 95 mortes provocadas por pisoteamento e  corre corre, quando a policia abriu os portões para partida de futebol


16 de Junho de 1996 – Lusaka, Zâmbia, África; 9 torcedores foram mortos  e 78 outros feridos durante tumulto.

11 de abril de 2001 – Johannesburg, África do Sul; 43 pessoas morreram e 155 feridas quando os torcedores provocaram empurra-empurra no estádio superlotado.

ATOS RELIGIOSOS

2 de Julho de 1990 – Meca, Arábia Saudita; 1.426 peregrinos morreram em tumulto, no principal túnel para pedestres, para os locais sagrados

23 de maio de 1994 – Meca, Arábia Saudita, 270 mortes em tumulto, entre multidão de devotos, durante apedrejamento em ritual satânico

9 de abril de 1998 – Mina, Arábia Saudita; cerca de 180 pessoas morreram pisoteadas, quando houve pânico , quando uma ponte cedeu com vários peregrinos

5 de marco de 2001 – Mina, Arábia Saudita;  35 pessoas morreram em tumulto, durante apedrejamento de um ritual satânico

31 de marco de 2001 -  Multan, Paquistão, 30 pessoas morreram, quando foram prensados por uma multidão de devotos portões de entrada de um ritual religioso (shrine)

11 de fevereiro de 2003 – Mina, Arábia Saudita, 14 peregrinos maometanos  morreram pisoteados em um ritual  no final de uma peregrinação

OUTRAS TRAGÉDIAS

4 de dezembro de 1999, Viena, Áustria; 5 pessoas morreram pisoteadas durante tumulto entre espectadores, durante um evento de snowboarding.

1 de dezembro de 2001 – Gaibandha, Bangladesh; pelo menos 31 pessoas morreram pisoteadas, durante a distribuição de donativos de roupas

21 de Julho de 2001 – Akashi, Japão; 11 pessoas foram pisoteadas, quando jovens iniciaram uma confusão  na multidão, em um festival de fogos de artifícios , provocando tumulto.

Fonte: Chicago Sun Times – February 17/18/19, 2003, The Chicago Tribune – February 17/18, 2003, CNN News – February 19, 2003

Comentário:
Nota-se que no tumulto do clube noturno Epitome Night Club, Chicago, USA, as deficiências observadas na segurança não foges dos padrões observados em outros incêndios/tumultos ocorridos em outras partes do mundo.

O paradigma das deficiências que resultaram no incidente foram:

1 - Proteção ativa: procedimento de emergência inadequada, a segurança não estava preparada para controlar tumulto ou briga.
2 - Na segurança passiva: análise do projeto (novo ou adaptação de uma edificação com suas deficiências estruturais, obsoletismo) e corredores de circulação estreitos
3 - Excesso de lotação
4 - Deficiência de fiscalização e aprovação de projetos pelos órgãos envolvidos (municipais, estaduais e Corpo de Bombeiros)
5 - Falta de coordenação dos órgãos envolvidos para aprovação do projeto

A tragédia do clube noturno Epítome, lembra da tragédia da discoteca Utopia, Lima, Peru e da  Casa Noturna em Minas Gerais, quanto às deficiências . Parece reprise:
1.Corredores estreitos e o pessoal da segurança não estavam preparados para lidar com situação de emergência e tumulto. 
2.Desobediência para fechamento do clube (protelação da ordem judicial) ou falta de autorização para funcionamento.

Após uma grande tragédia no mundos, sempre indagamos: O que houve de errado?  Discutimos quem foi o culpado ou adotamos o jogo do empurra-empurra entre os órgãos envolvidos. E nunca preocupamos com a prevenção. O que pode dar errado?
Passado algum tempo, voltamos à rotina das deficiências dos órgãos competentes, isto é, o ciclo dos quatro F’s;
■Falta de recursos dos órgãos responsáveis,
■Falta de fiscalização,
■Falta de aplicação das normas de segurança e
■Falta de prevenção.   

Marcadores: ,

posted by ACCA@10:35 AM

1 comments

quinta-feira, fevereiro 14, 2019

Trabalhador sofre fratura exposta em máquina de rolagem

Um homem, de 57 anos, sofreu uma fratura exposta após se envolver em um acidente de trabalho na tarde desta quarta-feira (6) no Bairro Icaraí, em Divinópolis.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, o homem é funcionário de uma fábrica de panelas e fazia o polimento de uma peça quando esbarrou em uma máquina de rolagem.
Ele foi socorrido pelos bombeiros e levado para a Sala Vermelha do Hospital São João de Deus. A instituição afirmou que o homem passou por uma cirurgia e que o estado de saúde dele é estável.
Procurado pela equipe do MG2, o Ministério do Trabalho afirmou que foi informado sobre o acidente e que irá apurar as causas. Fonte: G1 MG - 06/02/2019 

Comentário
A NR 12 exige informações completas sobre todo o ciclo de vida de máquinas e equipamentos, incluindo transporte, instalação, utilização, manutenção.
De acordo com a NR 12, é de responsabilidade do empregador adotar medidas de proteção para o uso seguro de máquinas e equipamentos. Ou seja, é a empresa que deve garantir a saúde e a integridade física dos trabalhadores.

Sistemas de segurança
12.38. As zonas de perigo das máquinas e equipamentos devem possuir sistemas de segurança, caracterizados por proteções fixas, proteções móveis e dispositivos de segurança interligados, que garantam proteção à saúde e à integridade física dos trabalhadores.
12.38.1. A adoção de sistemas de segurança, em especial nas zonas de operação que apresentem perigo, deve considerar as características técnicas da máquina e do processo de trabalho e as medidas e alternativas técnicas existentes, de modo a atingir o nível necessário de segurança previsto nesta Norma.
12.39. Os sistemas de segurança devem ser selecionados e instalados de modo a atender aos seguintes requisitos:
a) ter categoria de segurança conforme prévia análise de riscos prevista nas normas técnicas oficiais vigentes;
b) estar sob a responsabilidade técnica de profissional legalmente habilitado;
c) possuir conformidade técnica com o sistema de comando a que são integrados;
d) instalação de modo que não possam ser neutralizados ou burlados;
e) manterem-se sob vigilância automática, ou seja, monitoramento, de acordo com a categoria de segurança requerida, exceto para dispositivos de segurança exclusivamente mecânicos; e
f) paralisação dos movimentos perigosos e demais riscos quando ocorrerem falhas ou situações anormais de trabalho.

Marcadores:

posted by ACCA@2:05 PM

0 comments