Zona de Risco

Acidentes, Desastres, Riscos, Ciência e Tecnologia

segunda-feira, março 30, 2015

Bebê perde parte do braço e mão na escada rolante

Um passeio em família acabou em tragédia no Shopping Antártica, na região central de Ponta Grossa, Paraná. Um bebê com 9 meses  de idade perdeu parte do braço após um gravíssimo acidente na escada rolante do estabelecimento. O  fato foi registrado por volta das 18h45  de quinta-feira,  27 de novembro de 2014.

COMO FOI O ACIDENTE
De acordo com o relato do próprio pai da criança, que preferiu não se identificar, o bebê foi colocado sobre o corrimão para tirar uma foto com a decoração de natal ao fundo. A criança teria inserido, acidentalmente, o braço no rolamento da escada e a tragédia aconteceu – parte do braço do bebê acabou sendo prensado no equipamento.
CORPO DE BOMBEIROS
Equipes do Corpo de Bombeiros estiveram no local e isolaram a área até a chegada dos peritos da Polícia Científica.

ATENDIMENTO HOSPITALAR  
O Corpo de Bombeiros juntamente com o SAMU rapidamente chegaram ao shopping e encaminharam a criança até o Hospital Vicentino em estado grave. Logo em seguida os socorristas iniciaram uma corrida contra o tempo para tentar resgatar o membro da criança o qual se encontrava debaixo da escada. Com o apoio de funcionários do shopping os bombeiros retiraram o braço e acomodaram o mesmo em um pacote com gelo e seguiram ao Hospital Vicentino na tentativa de reconstruir o membro.
Equipes médicas tentaram reimplantar o braço da criança, mas a operação não teve sucesso e o bebê foi transferido para o Hospital da Criança em Ponta Grossa.
A criança está em um quarto, recebeu visitas dos familiares e segue em estado estável. Os pais do bebê foram procurados para se pronunciar sobre a situação, mas preferiram não se manifestar. O pai da criança se limitou a dizer que o fato se tratou de uma fatalidade – o rapaz estava muito abalado. O bebê recebeu visita de vários parentes e deve seguir em observação durante alguns dias.

MANUTENÇÃO DA ESCADA ROLANTE
Segundo o shopping, a escada rolante estava em perfeitas condições – o equipamento tinha passado por manutenção dois dias antes do incidente.  
O shopping Antártica, emitiu uma nota à imprensa classificando o caso como uma “fatalidade” e que a escada rolante cumpria as normas de segurança. O shopping foi inaugurado há dois anos e tem cerca de 100 lojas. Não há registros anteriores de acidentes na escada rolante..

INQUÉRITO POLICIAL
Na manhã sexta-feira, 28 de novembro, o Instituto de Criminalística (IC) fez a perícia na escada e a liberou para uso porque não encontrou irregularidades.
O 3º Distrito de Polícia Civil abriu um inquérito para investigar o acidente  e as investigações serão conduzidas pela delegada Ana Paula Cunha Carvalho – ela afirmou que os pais da criança agiram com negligência durante o fato e devem ser indiciados por lesão culposa (quando não há intenção
Conforme o Corpo de Bombeiros, os pais colocaram a menina na escada para tirar uma foto, mas ela acabou enroscando o braço na lateral da escada. O bebê teve o braço direito arrancado na altura do cotovelo. “Não deu tempo de tirar”, disse a mãe enquanto a menina estava sendo atendida. Desde o acidente, o bebê se encontra internado no Hospital Vicentino e o estado de saúde é estável.

VÍDEO FLAGRA ACIDENTE QUE ARRANCOU BRAÇO DE BEBÊ
Imagens mostram pais se posicionando para tirar foto e colocando bebê sentado em um dos degraus.
O vídeo flagra a ação dos pais. Eles se preparavam para tirar uma foto no local. Para isso, a mãe da criança sentou em um dos degraus e acabou deixando o bebê um pouco abaixo. Já o pai ficou de costas para a saída do equipamento, posicionado para fazer o retrato.
O bebê prende o braço na escada, que rapidamente arranca parte do membro. Não há tempo para qualquer reação dos pais, que apenas saem da escada carregando o bebê no colo. Na sequência, as imagens mostram os dois indo para uma outra ala do shopping. A mãe fica desesperada com a ação e aparece com a mão na cabeça – parecendo incrédula com o acontecimento.


LAUDO FINAL
De acordo com o laudo divulgado em 19 de março de 2015,  a escada rolante estava dentro dos padrões técnicos de segurança. Sendo assim, a responsabilidade pelo incidente é totalmente dos pais da criança.
Segundo o Corpo de Bombeiros, o casal colocou a menina, que tinha 9 meses à época, para tirar uma foto e ela acabou enroscando o braço na lateral da escada rolante. O bebê teve o braço direito arrancado na altura do cotovelo. “Não deu tempo de tirar”, afirmou a mãe enquanto a filha estava sendo atendida.
Conforme a polícia, os pais respondem por lesão corporal culposa. “Apesar de a lesão ser gravíssima, eles não tinham a intenção de machucar a própria filha”, explica a delegada Ana Paula Cunha Carvalho.
Neste caso, o procedimento é um termo circunstanciado de infração penal, com pena de três meses a um ano. O procedimento corre no juizado especial. “Em razão da dor dos pais, de ter que suportar a amputação do braço da própria filha, o juiz pode deixar de aplicar a pena”, afirma. Ainda segundo a delegada, a menina, hoje com um ano, passa bem.

CUIDADOS
A engenheira de materiais e de segurança, Erika Davanzo, explica que todo e qualquer tipo de máquina, como a escada rolante, merece manter cuidado.
 “O movimento mecânico não para instantaneamente. A partir do momento em que um objeto entra, ele vai ser prensado e arrastado”, esclarece. Por esse motivo, existem faixas amarelas laterais de segurança e as pessoas devem respeitá-las.
Erika ainda pede para que idosos e crianças evitem escada rolante. “Não subir com carrinho de bebê, não subir com criança de colo porque perde o equilíbrio, subir ou descer com cadarços amarrados, cuidar com vestidos e não sentar nas escadas”, orienta.
Ela explica que existem normas de seguranças internacionais e elas devem ser respeitadas para evitar acidentes como o que aconteceu com o bebê.
Fontes: G1 PR-28/11/2014, A Rede - Ponta Grossa-03/12/2014, Jornal da Manhã - 29/11/2014, Gazeta do Povo - 28/11/2014, Diário dos Campos - 27/11/2014, G1 PR-19/03/2015 

Comentário: Muitos dos acidentes com crianças acontecem por descuido dos responsáveis, que deixam os filhos soltos na escada.

OS ERROS  MAIS COMUNS;
■ Os país  não seguram  uma das mãos da criança. A criança fica brincando na esteira, às vezes, subindo no sentido contrário da escada.
■ As crianças brincam com o corrimão. As mãos podem ficar presas na borracha do corrimão. O corrimão serve apenas de apoio.
■ Criança com chinelo, sandália. É um perigo. O calçado pode ficar preso entre os degraus ou na parte lateral
■ Sentar no degrau da escada

Lembrete: A escada rolante é mais perigosa do que elevador. Nos EUA, os acidentes em escada rolante é muito maior do que em elevadores (a quantidade de  elevadores é 20 vezes maior).

Em um estudo feito pela Consumer Product Safety Commission (Comissão para Segurança de Produtos de Consumo dos Estados Unidos); Os acidentes em escada rolante são responsáveis por cerca de 7.300 feridos nos hospitais de emergência nos E.U.A e 75% dessas lesões são causadas por quedas e cerca de 20% ocorreram quando as mãos e os pés ficaram presos nessas escadas rolantes. Anualmente, ocorrem 12.5000 a 15.000 acidentes.

ATENÇÃO
1-ao entrar na escada rolante para evitar prender o calçado ou tropeçar.
2-nas entradas do corrimão para evitar prender os dedos da mão
3-entre corrimão e piso para evitar prender o calçado ou a roupa
4-entre degrau e rodapé (faixa amarela) para não prender o calçado ou parte da roupa
5- ao corrimão, para evitar prender os dedos da mão
6- a tampa externa da escada (quando esta é composta por placas de metal) para evitar lesões na perna
7 – entre degraus para evitar prender o pé ou parte da roupa.
8- na saída da escada, para evitar prender o pé ou tropeçar.

USO CORRETO DE ELEVADORES, ESCADAS E ESTEIRAS ROLANTES
■ Não permita que crianças viagem sozinhas ou brinquem em elevadores, escadas e esteiras rolantes;
■ Não deslize sobre o corrimão das escadas e esteiras rolantes;
■ Acione apenas uma vez o botão para chamar o elevador;
■ Não sente nos degraus da escada rolante;
■ Não segure a porta do elevador, qualquer que seja o motivo;
■ Não corra e nem suba no sentido contrário ao fluxo da escada rolante;
■ Não transporte carrinhos de bebê, cadeiras de rodas ou similares em escadas rolantes;
■ Não se debruce sobre o corrimão de escadas e esteiras rolantes. Fonte: ThyssenKrupp Elevadores

UTILIZANDO AS ESCADAS ROLANTES COM SEGURANÇA.
■ Andar em escadas e esteiras rolantes é muito fácil e seguro. Incidentes são raros, desde que você siga alguns procedimentos simples. Devemos tomar cuidados especiais com as crianças, que devem aprender desde cedo como se portar nesses equipamentos. Siga as dicas abaixo.
■ Olhe para frente e permaneça no centro do degrau.
■ Não coloque os pés nas faixas amarelas, perto dos cantos da escada.
■ Segure no corrimão. Tome cuidado ao entrar e sair da escada.
■ Não carregue caixas, grandes objetos ou carrinhos de bebê nas escadas rolantes. Para isso, utilize o elevador.
■ Ao usar sapatos com salto ou roupas compridas, cuidado com as partes móveis da escada.
■ Os corrimãos servem para dar segurança durante o movimento das escadas. Use-o sempre.
■ Quando chegar ao final da escada, saia rapidamente para não atrapalhar o desembarque das demais pessoas. Fonte: Atlas Schindler

Marcadores: ,

Print Friendly and PDF

posted by ACCA@3:00 AM

Assinar
Postagens [Atom]