Zona de Risco

Acidentes, Desastres, Riscos, Ciência e Tecnologia

segunda-feira, outubro 29, 2012

Por que as crianças estão em risco


Quedas e engasgamento são os principais responsáveis pelos acidentes e mortes relacionados com brinquedos.

Engasgamento é a causa mais comum de mortes e o principal culpado deste quadro são as bexigas/balões de látex.

Brinquedos de locomoção, principalmente bicicletas, estão associados a mais acidentes que qualquer outro grupo de brinquedos.

Acidentes fatais podem ocorrer quando a criança é atingida por um veículo automotor ou quando a criança vai em direção a piscina, lago, riachos, etc. A maioria dos acidentes com brinquedos dirigíveis ocorrem quando as crianças caem dos brinquedos.

60% dos acidentes relacionados a brinquedos e 75% das mortes acontecem com crianças de até 4 anos.

Crianças de até 3 anos são mais propensas a sofrerem engasgamento do que as maiores pois têm tendência a colocar pequenas coisas na boca e por causa do pequeno tamanho de suas vias aéreas. No entanto, crianças mais velhas também correm risco de engasgamento com as bexigas.

A maioria dos acidentes relacionados a brinquedos não são fatais. Aproximadamente 98% das crianças que sofrem algum tipo de acidentes com brinquedos são tratadas e recebem altas.

PROTEGENDO SUA FAMÍLIA
A orientação é um importante fator para manter as crianças seguras de acidentes com brinquedos. Envolver-se com a brincadeira de seu filho, ao invés de orientar à distância, lhe dá a oportunidade de você tomar conta com mais cuidado. As crianças adoram quando os pais participam em seus jogos. Brincar é uma forma de você aprender mais sobre o seu filho, ensiná‑lo importantes lições, além da diversão enquanto o mantém seguro.

DICAS DE SEGURANÇA
Quando selecionar os brinquedos, considere a idade, o interesse e o nível de habilidade da criança. Procure por qualidade do modelo e construção e siga as recomendações do fabricante de segurança e idade.

Inspecione os brinquedos regularmente em procura de danos e potenciais riscos tais como pontas afiadas. Conserte o brinquedo imediatamente ou mantenha-o fora do alcance da criança.

Evite utilizar balões de látex/bexiga. Se realmente precisar utilizá-los, guarde-os fora do alcance das crianças. Não permita que crianças encham bexigas. Após o uso, esvazie as bexigas e descarte-as juntamente com eventuais pedaços.

Evite brinquedos com pontas e bordas afiadas, brinquedos que produzem sons altos e que apresentem projéteis (tais como dardos, flechas, etc)

Brinquedos com correntes, tiras e cordas com mais de 15 cm podem não intencionalmente estrangular crianças e devem ser evitados.

Brinquedos elétricos podem causar queimaduras. Evite brinquedos com elementos de aquecimento – baterias, tomadas elétricas – para crianças com menos de 8 anos.

Certifique-se que brinquedos sejam usados em ambientes seguros. Brinquedos dirigidos pela criança não devem ser usados próximos a escadas, tráfego, piscina, lago, etc.

Ensine as crianças a guardar seus brinquedos após a brincadeira. Um local seguro para guardar previne quedas e outros acidentes. Brinquedos para crianças maiores podem ser perigosos para os menores e devem ser guardados separadamente.

Use presentes (bicicletas, patins, scooters, skates) como oportunidade para ensinar as crianças sobre segurança na diversão. Como parte de seu presente dê a seu filho os equipamentos de segurança necessários, tais como capacete, joelheira, cotoveleira, luvas, buzinas, entre outros. Fonte: Safe Kids Brasil 

Marcadores: , ,

Print Friendly and PDF

posted by ACCA@6:30 PM