Zona de Risco

Acidentes, Desastres, Riscos, Ciência e Tecnologia

quarta-feira, julho 15, 2015

Ponte Anita Garibaldi, em Laguna

Depois de três anos de obras a Ponte Anita Garibaldi, em Laguna, será inaugurada nesta quarta-feira, 15 de julho.
Com quase 3 mil metros de extensão, a ponte em Laguna, no Sul de Santa Catarina,  leva o nome da guerreira Anita Garibaldi.
A ponte estaiada é a única do mundo em curva com mastros centrais, cujos estais também são centrais no eixo da obra. Pontes em curva com estais laterais, ou seja estais nas bordas, ou mistas, existem outras, explica o  engenheiro e coordenador de supervisão da obra Oscar Eigio Isaka.
A ponte Anita Garibaldi será a segunda maior ponte estaiada em funcionamento no Brasil (2.830 m), perdendo apenas para a ponte que passa sobre o Rio Negro, no Amazonas (3.600 m).  
De acordo com o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), cerca de 27 mil carros passam diariamente pelo local e, conforme uma estimativa da Polícia Rodoviária Federal, durante a temporada o número de veículos chega a triplicar. Na alta temporada, o trecho entre a ponte e o morro do Formigão, em Tubarão, chega a registrar filas de até 20 quilômetros.
A engenheira fiscal do Departamento, Márcia Tsunokawa Chaves, explica que a ponte tem um espaço maior sobre a lagoa de Imaruí e avança em uma curva para que motoristas possam trafegar a uma velocidade média de 100km/h. Diferente da velocidade média atual que fica em torno de 80 km/h – o que contribui ainda mais para evitar os constantes congestionamentos.

Característica da obra

1-A construção da parte estaiada é constituída por dois mastros onde equipes de 300 operários trabalham simultaneamente em dois turnos.
 2- Com ajuda de uma treliça lançadeira as peças de concreto (aduela) são colocadas uma a uma no trecho estaiado.
 Estai - Tubo de polietileno compostos por cordoalhas de aço. A parte fixada no concreto é revestida em aço, para proteger contra ações de vândalos (tubo antivandalismo). Ao total serão 52 estais
Os estais são fixados alternadamente nas peças de concreto(aduelas) a uma distância aproximadamente 7 m entres eles. A fixação dos estais ocorre simultaneamente com a finalização dos dois mastros.




A  Ponte Anita Garibaldi,  é a primeira com o estilo estaiada em curva do Brasil. Ela tem 2.830 metros de comprimento, 52 vãos, 136 estacas escavadas e 716 aduelas pré-moldadas. 



3 – Aduelas
Formam a superestrutura da ponte: Concreto armado estrutural que pesa entre 80 a 90 t. As aduelas são unidas com aplicação de adesivos a base de epóxi, por cabos de aço protendido e argamassa especial.
das uma a uma no trecho estaiado.


Foram usados na obra
■90 mil m3 de concreto, equivalente a 3 estádios do Maracanã
■13 mil toneladas de aço, equivalente a 1,78 torres Eiffel
■15 balsas foram usadas para a montagem do vão central
■Trabalharam ao longo da obra – 2,7 mil pessoas
■O valor previsto era R$ 597 milhões  
■Foram gastos R$ 760,8 milhões  
■Foram gastos a mais que o previsto R$ 163,8 milhões (27,4%)



Treliça lançadeira
É um equipamento de estrutura metálica de aproximadamente 313 m de comprimento e foi comprado pelo Consorcio Ponte de Laguna especialmente para construção da ponte. É maior equipamento da obra, adquirido em Portugal e custou para as empresas contratadas cerca de 8 milhões de euros. A treliça lançadeira tem a base atrelada a pilares e trabalha com um guindaste móvel capaz de suportar cargas de 120 t. Ela é utilizada para içar as aduelas. m entres eles. A fixação dos estais ocorre simultaneamente com a finalização dos dois mastros.Fonte:@ZR; Diário Catarinense - 15/07/2015

Comentário: As maiores pontes no Brasil
1-Ponte Rio-Niterói – RJ – 13.290 m
A Ponte Presidente Costa e Silva, conhecida como Ponte Rio–Niterói, tem 13 290 metros, localiza-se na baía de Guanabara, estado do Rio de Janeiro, e liga a cidade do Rio de Janeiro a Niterói. Foi a segunda maior ponte do mundo na época de sua construção, perdendo este posto em 1985. Se pilar mais alto tem 72 metros e por ela passam 140 mil veículos por dia.
2–Ponte Rodoferroviária – SP/MS – 3.700 m
A Ponte Rodoferroviária é a maior ponte fluvial brasileira. Atravessa o Rio Paraná ligando os estados de Mato Grosso do Sul e São Paulo unindo os municípios de Aparecida do Taboado (MS) à Rubinéia (SP).
Foi inaugurada em 29 de maio de 1998, possui quatro faixas rodoviárias na parte superior (duas em cada sentido) ligando as rodovias Euclides da Cunha (SP-320) e BR-158, e uma via ferroviária na parte inferior.
3-Ponte Ayrton Senna – PR/MS – 3.607 m
A Ponte Ayrton Senna é uma ponte entre as cidades de Guaíra, no Paraná e Mundo Novo, no Mato Grosso do Sul que atravessa o rio Paraná. Foi inaugurada em 24 de janeiro de 1998, como a continuação da BR-163, sendo a única ponte no mundo em curva na parte central com tobogã. Sua pista possui 7,20 m de largura e altura máxima no canal de navegação é de apenas 13 metros.
4-Ponte do Rio Negro – AM – 3.595 m
A Ponte Rio Negro é a maior ponte fluvial e estaiada do Brasil, parte da rodovia AM-070 que liga a cidade de Manaus ao município de Iranduba, no Amazonas.
Inaugurada em 24 de outubro de 2011, possui 3.595 metros de extensão e 400 metros de vão suspenso estaiada.
5-Terceira Ponte – ES – 3.330 m
A Terceira Ponte, oficialmente Ponte Deputado Darcy Castello de Mendonça, liga as cidades de Vitória e Vila Velha, no Espírito Santo. Ficou conhecida por Terceira Ponte devido às duas outras pontes que já existiam anteriormente ligando as duas cidades. Seu vão principal tem 70 m de altura e 260 m de um pilar ao outro, permitindo assim o acesso de navios de grande porte à baía de Vitória.

Marcadores: , ,

Print Friendly and PDF

posted by ACCA@7:15 AM

Assinar
Postagens [Atom]