Zona de Risco

Acidentes, Desastres, Riscos, Ciência e Tecnologia

terça-feira, junho 23, 2009

Condições inseguras - Escada Manual



(1) - peso do trabalhador
(2) - escada insegura
(3) – distancia entre a escada e a parede
(4) – ajudante
(5)- escada apoiada no teto do veículo

Recomendações para escada móvel ou de mão
(1) Cuidados com o peso recomendado, verifique sempre o peso máximo recomendável conforme as especificações fornecidas.
(2) Não é permitida a improvisação de escada com qualquer condição.
(3) - indica que a inclinação da escada é inferior a 50o . A escada deve ficar apoiada na parede com uma inclinação de 50o a 75o.
(4) Todo ajudante que permaneça no piso inferior deve obrigatoriamente utilizar capacete, óculos de proteção e calçado de segurança com biqueira de aço.
(5) Escadas devem ser apoiadas em piso plano e resistente. Nos pés da escada devem ser colocados calços de material antiderrapante (por ex. borracha)
■ Nunca mova-se para os lados quando estiver em cima de uma escada. Caso necessite se deslocar para os lados, desça da escada, mude-a para o local desejado e suba novamente para continuar o serviço.
■ Nunca fique nos últimos degraus de uma escada. Deve-se deixar no mínimo 2 degraus da extremidade superior.
■ Sempre utilize uma corda para erguer as ferramentas necessárias de modo a deixar as mãos livres para subir ou descer.
■ Ao usar a escada é recomendável o uso de calçados com sola plana antiderrapante
■ A escada deve possui uma trava de segurança em alumínio com rebites e interior em aço.
Fonte: Safety & Health, Industrial Hygiene

Comentário:
De acordo com a Comissão de Segurança de Produtos de Consumo-CSPC (The Consumer Product Safety Commission) informa que mais de 90.000 pessoas recebem tratamento de emergência devido a queda de escadas.
Cerca de 661 trabalhadores morrem em locais de trabalho devido a queda de escadas. Equivale quatorze por cento do total de mortes em locais de trabalho.

Uma escada pode deslizar, derrubar, escorregar ou quebrar. Também pode funcionar como catapulta. As escadas são freqüentemente atingidas por carros passando, pedestres e até trens. Em alguns casos, as normas federais exigem vigias e isolamento de área.

A improvisação com escada, colocando em cima de outro objeto para ganhar altura ou para se mover. Se o piso de superfície ou à superfície superior é escorregadia, e a escada pode deslizar afastando da pessoa. Um sobrepeso do corpo da pessoa pode comprimir parte da escada e agir como uma mola e funcionar como uma catapulta.

Algumas pessoas acreditam que a queda de escadas são sempre a culpa da vítima. Muitos desses acidentes são provocados por falta de bom senso. Pesquisa da agencia americana, OSHA, concluiu que 100% dos acidentes escada pode ser eliminado tomando cuidado na colocação da escada e treinamento.

Falha humana causa a maioria dos acidentes de queda de escadas, mas o erro é muitas vezes evitável por medidas de procedimento de segurança e não por culpa da vítima.
Cerca da metade dos acidentes investigados pela OSHA, o trabalhador transportava matérias em suas mãos enquanto subia. Esta prática contribui para escorregar. Os materiais devem ser içados por uma corda.

Em muitos acidentes, tanto a escada ou trabalhador escorregaram. Uma escada deve ter sempre quatro pontos de contato com a superfície de trabalho e a pressão sobre cada perna (montante) deve ser proporcional. O trabalhador deve sempre manter três pontos de contacto com a escada. Contato seguro pode ser mantido com os dois pés e uma mão. O peso está centrado no degrau da escada. Se a superfície de trabalho é escorregadia ou instável, o trabalhador deve amarrar ou travar a escada no topo e na parte inferior. Estas limitações tornam a escada excessivamente restritiva em muitas aplicações.

Procedimentos de segurança
Para as atividades envolvendo o uso de escadas devem adotar os seguintes critérios:

1 - As escadas de mão devem ter seu uso restrito para acessos provisórios e serviços de pequeno porte;
2 – Certificar-se o local onde será posicionada a base da escada esteja limpa, isenta de óleo, graxa ou produtos que tornem o piso escorregadio.
3 - Providenciar sempre o isolamento e sinalização da área.
4 – Ao subir e descer de uma escada manual, ficar de frente para ela segurando-se com as duas mãos.
5 – Usar uma corda para levantar ou abaixar ferramentas e outros materiais utilizados no trabalho, se necessário.
6 – O comprimento máximo dos montantes da escada é de 6 metros e o espaçamento entre os degraus deve ser uniforme, variando entre 0,25m (vinte e cinco centímetros) a 0,30m (trinta centímetros);
7 – As escadas não deverão ser pintadas, para facilitar a inspeção e não ocultar possíveis rachaduras, trincos ou defeitos que possam comprometer a sua resistência.
8 – As escadas devem ser dotadas de degraus antiderrapantes e ser apoiada em piso resistente.
9 – As escadas de abrir devem ser rígidas, estáveis e providas de dispositivos que a mantenham com abertura constante, devendo ter comprimento máximo de 6,00m (seis metros), quando fechada;
As escadas extensíveis devem ser dotadas de dispositivo limitador de curso, colocado no quarto vão a contar da catraca. Caso não haja o limitador de curso, quando estendida, deve permitir uma sobreposição de no mínimo 1,00m (um metro).
10 – Para trabalhos onde haja o risco elétrico só é permitido o uso de escadas de fibra ou madeira não condutoras de energia elétrica de acordo com as normas vigentes.
11 – Escada de Abrir ou Dupla
a) As escadas devem ter altura adequada, ao serviço a ser executado.
b) As escadas devem ficar totalmente abertas, isto é, com o limitador de abertura, totalmente estirado.
c) Nunca usar escadas de abrir como se fossem escadas de encostar.
d) Os quatro pés devem ficar bem assentados em superfície plana e sólida.
12 – Escada de encosto
a) Deve estar posicionada, de tal forma que a distância que separa a sua base do eixo vertical do ponto de apoio superior, seja de ¼ (um quarto) do comprimento total da mesma, com os pés firmes na superfície de apoio. O ponto superior de apoio deve ser amarrado se não ultrapassar em 1,00m (um metro) o piso superior;
b) Para amarrar a escada, o usuário deve subir com a corda presa ao cinturão ou no ombro, enquanto outra pessoa a segura firmemente.
c) Nunca apoiar escadas ao encostar-se a vidraças e nem posicioná-las em frente a portas que não estejam trancadas ou em outros locais que não ofereçam segurança.
d) Nunca separar as partes de uma escada extensível e nem usar a sua parte superior, como se fosse uma escada simples ou como passadiça ou andaime.
e) Nunca emendar duas escadas de encosto para aumentar o comprimento.
f) Usar cinturão de segurança ao executar qualquer trabalho em escada acima de dois metros.
13 – Armazenagem
a) Inspecionar e limpar as escadas antes de armazená-las de todos os resíduos,
graxa e óleo, outros.
b) Devem ser mantidas armazenadas na posição horizontal contra uma parede ou outra superfície similar, sustentadas por suportes apropriados.
c) O local do armazenamento de ser protegido das intempéries, livre de umidade, de fontes de calor, agentes químicos, outros.
d) Escadas que tenham acusado algum defeito durante o uso, não devem ser armazenadas, mas sim identificadas como defeituosas e encaminhadas para os devidos reparos.
14 – Inspeção
a) O Usuário deve inspecionar a escada antes de utilizá-la caso apresente alguma anormalidade, encaminhá-la para manutenção ou substituição. Inspeção de rotina – verificar:
a) Montantes: Se há rachaduras, sinais de batidas ou outros defeitos.
b) Degraus: Se estiverem soltos, trincados ou com outros defeitos.
c) Ferragens (Dobradiças, guias, roldanas, outros). Se estiverem soltas, quebradas, oxidadas, fora de alinhamento, outros.
d) Sapatas de Segurança: Se estiverem soltas, desgastadas ou com outros defeitos.

15 – Transporte
a) Nunca transpor portas ou virar esquinas com escadas no ombro, onde a visão da mesma possa ficar comprometida por equipamentos altos e pilhas de materiais.
b) Escadas de até 04 metros podem ser transportadas por uma só pessoa, devendo a parte da frente ficar a uma altura de 02 metros e a de trás, rente ao chão.
c) Escadas com mais de 25 kg ou 04 metros de montante devem ser transportadas por duas pessoas, apoiada nos ombros, do mesmo lado.
d) Quando transportadas em veículos, às escadas devem ser posicionadas e presas de modo a não proporcionar qualquer perigo. Fonte: International Paper

Marcadores: ,

1 Comments:

At 4:27 AM, Blogger Ander§aymon© said...

Gosto muito do blog, eu acompanho as notificações e notícias a muito tempo.

Parabéns pelas matérias, sou TST mas ainda não atuo na área :p

 

Postar um comentário

<< Home

Assinar
Postagens [Atom]