Zona de Risco

Acidentes, Desastres, Riscos, Ciência e Tecnologia

terça-feira, janeiro 03, 2017

Incêndio em revestimento de aço carbono estruturado

RESUMO DO ACIDENTE
Em 2 de novembro de 2001, um incêndio ocorreu numa coluna de 76 m de altura e diâmetro variando de 8 m a 9 m. O incêndio aconteceu durante a substituição de revestimento de aço carbono estruturado, que envolvia; corte interno da coluna antiga e a remoção de cada camada do revestimento.
Apesar dos esforços para extinguir o incêndio, o incidente progrediu ao ponto, onde a coluna caiu logo em 2 de dezembro de 2001. Os procedimentos adequados, adotados  durante o incêndio, em que mais de 60 trabalhadores estavam executando serviços na coluna,  resultaram na evacuação dos trabalhadores com segurança, sem vítimas.

LIÇÕES APRENDIDAS
Há diversas palavras chaves de aprendizagem, que eram desconhecidos antes do incidente.

■ Primeiramente, este evento foi categorizado como "incêndio em metal" com o revestimento  estruturado de aço de carbono que age como o combustível. Isto não é um mecanismo geralmente reconhecido e compreendido e portanto precisa ser comunicado claramente. Para ajudar com sua compreensão, verificar a norma  NFPA 484- Metais Combustíveis .

■ Em segundo, o revestimento tem uma grande área de superfície pelo projeto, que é difícil   de limpar e inspecionar. Mesmo os processos extraordinários da limpeza (lavagem, vapor, limpeza à seco) que foram usados neste incidente não podem limpar completamente o material combustível do revestimento . O revestimento deve sempre ser considerado para conter uma fonte de combustível. Mesmo o revestimento novo conterá provavelmente uma fina camada de  óleo que poderá inflamar.-se.

■ Finalmente, o próprio metal deve também ser considerado como uma fonte combustível. Como mencionado acima, o metal pode inflamar-se e queimar-se. A quantidade de metal em camada no revestimento é uma fonte significativa do combustível.

Em conseqüência desta investigação, todas as tentativas devem ser feitas para remover material combustível do revestimento antes de executar o trabalho à quente. Se o trabalho à quente for exigido , uma revisão completa na proteção de segurança e de incêndio deve ser executada (incluindo a prevenção e resposta aos incêndios em metais).

■"Certos metais... são atribuídos como metais combustíveis por causa da facilidade da ignição quando alcançam uma relação específica elevada da área (seções finas, partículas finas, ou estados derretidos). ... Alguns metais, tais como o alumínio, ferro, e o aço que não são normalmente considerados como combustíveis, podem inflamar-se e queimar-se quando finamente dividido."

■"Os metais quentes ou incandescentes   podem reagir violentamente quando em contato com outros materiais, tais como agentes oxidantes e agentes de extinção   utilizados em incêndios que envolvem combustíveis sólidos ou líquidos inflamáveis. As temperaturas produzidas por queima de metais podem ser mais elevadas do que as temperaturas geradas pela queima  de líquidos inflamáveis. Alguns metais podem continuar a queimar-se no dióxido de carbono, no nitrogênio, na água, ou nas atmosferas de vapor em que os combustíveis comuns ou os líquidos inflamáveis seriam incapazes de queimar-se... Porque a extinção de incêndios em metais combustíveis envolve técnicas geralmente não encontradas em operações convencionais de combate ao incêndio, é necessário para aqueles responsáveis para o controle dos incêndios em metais,  receberem treinamentos completos antes de atuar numa emergência real de incêndio."

■ Os riscos envolvidos no controle ou em extinção completa de incêndios em metais  incluem; temperaturas extremas elevadas, explosões de vapor, explosões de hidrogênio, produtos tóxicos de combustão, reação explosiva com algum agente de extinção. Conseqüentemente, agentes de extinção e métodos para sua aplicação específica deve ser selecionado com cuidado."

■ "Quando os metais incandescentes estão respingando com quantidades limitadas de água, o metal quente extrai o oxigênio da água e promove a combustão. Ao mesmo tempo, o hidrogênio é liberado em um estado livre e inflama-se rapidamente. Desde que quantidade pequena de água acelere os incêndios em metais combustíveis o uso de extintores portáteis comuns não é recomendado. A água, entretanto, é um bom refrigerante e pode ser usado em alguns metais combustíveis sob aplicações e condições "  Fonte: Canadian Petroleum Safety Council - Safety News – 2001 

Marcadores: ,

Print Friendly and PDF

posted by ACCA@3:00 AM