Zona de Risco

Acidentes, Desastres, Riscos, Ciência e Tecnologia

terça-feira, junho 16, 2015

Primeiro caminhão com piloto automático é apresentado nos EUA

A Daimler Trucks North America (DTNA) apresentou  em Las Vegas, o primeiro caminhão autônomo do mundo - algo que promete ser uma revolução nos transportes.
Segundo Wolfgang Bernhard, membro do conselho da divisão de caminhões e ônibus da Daimler AG, o Inspiration Truck ainda terá um motorista.
Aos "caminhoneiros do futuro" caberá apertar um botão no volante que ativará o dispositivo de direção automática. Depois, bastará monitorar os sistemas eletrônicos de veículo e intervir em caso de mau funcionamento. Além disso, o piloto eletrônico só funciona em rodovias - nos centros urbanos, quem dirige é o humano.

INSPIRATION TRUCK
O Inspiration possui câmeras, radares e sensores que fornecem constantemente informação sobre o estado da rodovia e do tráfego a um sistema de piloto automático. Um computador de bordo se encarrega de fazer com que o veículo ande na velocidade legal permitida, circule dentro das marcações da pista e mantenha a distância de segurança adequada dos outros veículos para poder frear a tempo.
Como em um avião, esse caminhão do futuro não é completamente automático, já que o condutor precisa estar sempre sentado à frente do volante mesmo que tenha um iPad em suas mãos. O controle é transferido ao caminhoneiro ao sair da rodovia. Os responsáveis da Freightliner explicam que isso reduzirá o cansaço do condutor e aumentará a produtividade.

O veículo foi submetido a intensos testes – precisou percorrer mais de 15.000 quilômetros em um circuito – antes do Estado de Nevada conceder-lhe a licença. É um dos poucos nos EUA que conta com uma legislação especifica para conceder licenças a veículos automáticos. A Mercedez-Benz, como a Audi, também está realizando testes semelhantes com utilitários de trabalho pesado.
A visão para esses caminhões automáticos é que no futuro poderão até mesmo comunicarem‑se eletronicamente, o que permitirá a viagem em comboio e desta forma reduzir o consumo de combustível graças ao benefício da aerodinâmica, como explicou Wolfgang Bernhard, responsável pelas operações comerciais dos caminhões da Daimler.
O motorista pode assumir o controle da máquina a qualquer momento. E é ele quem será responsabilizado em caso de acidente.  Os caminhões autônomos ajudarão a reduzir acidentes, consumo e congestionamentos – explica Bernhard durante a apresentação.

Dois protótipos foram construídos para testes e demonstrações. São autônomos "Nivel 3", ou seja: os sistemas eletrônicos podem assumir o controle em determinadas condições de tráfego, mantendo o veículo na faixa, a velocidade legal e guardando distância segura para o carro da frente.
O caminhão inteligente não requer estradas especiais e pode rodar pelas rodovias atuais. Consegue "ler" placas e sinais. Os sensores e computadores empregados para o modo autônomo já são usados em um dos modelos da Freightliner. A diferença é que, no Inspiration Truck, os sistemas foram combinados e "sabem fazer mais contas". Além disso, há um conjunto de câmeras e radares.

Visualmente, os protótipos se destacam por trazer kits aerodinâmicos (com direito a rodas tapadas) e luzes por leds. A cabine é minimalista, reduzindo ao mínimo os comandos para o motorista.

LIBERADO EM NEVADA
Nevada é um dos únicos quatro estados dos EUA que já têm leis especiais que permitem a circulação de veículos autônomos. A legislação local especifica o quanto o carro ou caminhão deve ser testado antes de receber placas que liberem seu uso.

FASE EXPERIMENTAL
Não é possível definir quanto um caminhão desses poderá custar se eventualmente forem postos à venda. Ted Scott, da American Trucking Association, diz que o sucesso dessa tecnologia dependerá das vantagens que ela trouxer ao profissional que estará ao volante dessas máquinas.
Mas sobretudo a confiança que o sistema pode dar, já que a intuição do humano é impossível de copiar em um programa informático. Os caminhões, como diz Scott Grenerth da Operator Independent Drivers Association, têm uma margem de manobra muito limitada por seu tamanho e isso obriga os motoristas a sempre antecipar o que vai acontecer.
Assim, o caminhão inteligente dependerá de uma futura legislação federal para ser autorizado a fazer viagens interestaduais. Fontes: @ZR, O Globo - 06/05/2015; El País - Nova York 8 May 2015 

Vídeo

Marcadores: ,

Print Friendly and PDF

posted by ACCA@3:00 AM