Zona de Risco

Acidentes, Desastres, Riscos, Ciência e Tecnologia

sábado, dezembro 01, 2012

Ônibus escolar é arrastado mais de 100 metros por trem de carga

Um ônibus escolar que fazia o transporte de alunos da Escola Estadual Campos de Menezes, no distrito de Palmeiras, foi arrastado mais de 100 metros por um trem de carga da empresa MRS Logística. O acidente aconteceu por volta das 7 horas de quinta-feira, 22 de novembro. O coletivo saía da garagem somente com o motorista e a monitora escolar para embarcar a primeira criança.

SEM CANCELAS
Conforme dito pelos moradores do local, a passagem de nível da Rua Avelino Mariano Pena, mais conhecida como Estrada do Caulim, no Jardim Restinga, não possui cancelas ou algum outro tipo de sinalização sonora para que os motoristas possam trafegar na via. Segundo a Polícia Militar (PM) que foi acionada em seguida do acidente, o motorista não escutou a buzina do trem que carregava bobinas de aço. O relato também foi constatado no Boletim de Ocorrência (B.O.).

COLISÃO
O ônibus teve os vidros, portas e eixos completamente destruídos. Ambos os funcionários foram removidos do coletivo pelo Corpo de Bombeiros e encaminhados ao Pronto Socorro (PS) Municipal.

VÍTIMAS
O motorista JNS foi liberado após ser avaliado e não ter sido constatado trauma físico. Já a monitora chegou ao PS assustada e com dores abdominais por conta do choque intenso. A  monitora realizou exames de tomografia para constatar se nenhum outro dano tinha ocorrido e foi encaminhada para a unidade II da Santa Casa de Suzano para finalizar a avaliação e repousar. O maquinista da composição não sofreu ferimentos.

NEGLIGÊNCIA
Segundo os seguranças da empresa logística que resguardavam o local, tudo indica que houve negligência do motorista. Isso porque o coletivo foi atingido no meio pelo trem. Em nota, a MRS informou que o ônibus não respeitou sinalização ferroviária existente e por isso colidiu com o trem da empresa no Km 13 do trecho de Ouro Fino. O órgão relatou ainda que faz periodicamente campanhas educacionais de segurança.
Até às 11 horas, todos ainda aguardavam a chegada da perícia no local para que o ônibus pudesse ser retirado da linha férrea. Funcionários do setor de Trânsito da Prefeitura de Suzano auxiliaram nos trabalhos de isolamento da área.

PARALISAÇÃO
O acidente fez com que a composição férrea ficasse parada na via por quase 4 horas. Isso fez com que vários motoristas tivessem que mudar o trajeto do caminho ou até esperar a saída do trem, em alguns casos. A retirada do ônibus foi executada por um guincho e um trator trazidos pela empresa.
Após a retirada da carga, técnicos da MRS fizeram a manutenção nos trilhos.

Fonte: Diário de Suzano - 23 de novembro de 2012 

Vídeo:



Comentário:
O peso total de cada vagão de carga pode variar entre 50 toneladas e 100 toneladas.  O  peso de um trem (peso total do trem, incluindo locomotiva, 183 t,  e vagões) depende do número de vagões e do peso de cada vagão, que é variável. Assim, um trem de até 10 vagões pode pesar até 1100 toneladas. A capacidade de frenagem com segurança é de no mínimo 500 metros.

De acordo com o Manual de Cruzamentos Rodoferroviária do Denatran; o motorista de um veículo deve ter visibilidade  que abranja o cruzamento e uma área lateral que seja suficiente para que ele possa controlar seu veículo no caso da aproximação de um trem e evitar situações perigosas, ou seja, uma área onde a visibilidade seja suficiente para que o motorista tome a decisão de parar ou não, com segurança.

DICAS DE SEGURANÇA
Muitos motoristas dão pouca importância nos cruzamentos rodoferroviários, pois eles veem  poucos trens passando, dia após dia. Os trens não funcionam em horários definidos. Eles podem estar em qualquer via permanente, em qualquer momento, indo a qualquer dos sentidos.

■ Quando uma locomotiva vê um veículo ou pessoa nos trilhos no caminho de seu comboio, ela só pode soar a buzina de advertência e aplicar os freios de emergência. Um trem em frenagem de emergência irá parar, mas não a tempo de evitar a colisão. O trem de carga média composta por 100 vagões,  pesa em média 5.000 t a 9.000 t e leva mais de um quilômetro para parar em frenagem de emergência. Há freios em cada roda, mas leva muito tempo para todos esses freios superar o tremendo peso empurrando o trem.
■ Sempre ceder o direito de passagem para o comboio. O trem não pode dar passagem para você.
■ Nunca ignore os avisos ativos em cruzamentos.
Locomotivas são enormes,  5metros de altura e 3 metros de largura. Como resultado, eles parecem estar viajando muito mais lento do que imaginamos, quando vistos  em ângulo no cruzamento. A combinação do tamanho e ângulo criar a ilusão. As linhas paralelas dos trilhos convergentes em direção ao horizonte contribuem para a ilusão e enganar nossas mente, pensando  que o trem está mais longe do que está realmente. É virtualmente impossível avaliar com precisão a velocidade de um comboio, quando estas combinações de ilusões estão presentes.
■ Trens chegam em cruzamento mais rápido do que você supõe
Um em cada quatro acidentes que ocorrem nos cruzamentos, os motoristas  estão com velocidade excessiva, para condições locais, escuridão, chuva ou nevoeiro. No momento em que você vê o trem no cruzamento, é tarde demais para evitar o acidente.
■Olhe e escute quando você vê sinais de advertência indicando um cruzamento rodoferroviário
■ Não passe imediatamente a passagem de nível.
Muitos motoristas ficam presos no cruzamento, entre outros veículos, e acabam sendo atingidos por um trem ou abandonam os veículos  a tempo de vê-los destruídos.
■ Antes de atravessar o cruzamento, certifique-se que há espaço  suficiente, não há obstáculo ou outro veículo na frente
■ Ao cruzar com  via dupla não tente atravessar imediatamente após a passagem de um trem - pode ter outro trem se aproximando na segunda via.
Muitos acidentes cruzamento resultaram por causa de impaciência ou falta de atenção em múltiplas faixas de travessias.
■Veiculo parado na via
Para as pessoas que veem um trem vindo e o veículo está parado na ferrovia, devem abandonar o veículo imediatamente e, ao contrário de seus instintos, devem correr em direção ao trem em um ângulo de 45 graus. O perigo de fugir do comboio que se aproxima é que os motoristas podem ser atingidos por peças do carro voando quando o trem colide. Muitas pessoas foram gravemente feridas e até mesmo mortas porque elas corriam na direção errada. Fonte: Indiana Department of Transportation

Marcadores: ,

Print Friendly and PDF

posted by ACCA@11:48 AM

2 Comments:

At 3:15 PM, Blogger luiz carlos tiengo freitas said...

Infelizmente as pessoas hoje em dia NÃO são mais preparadas como antigamente, esta claro que com sinalização ou não o motorista do coletivo (ou outro veiculo qq) tem por obrigação parar e verificar se pode ou não passar. Esta observação é ATÉ MESMO DESNECESSÁRIA ENTRAR NO CODIGO DE TRANSITO....É OBVIO...!!!
tiengo

 
At 3:16 PM, Blogger luiz carlos tiengo freitas said...

Infelizmente as pessoas hoje em dia NÃO são mais preparadas como antigamente, esta claro que com sinalização ou não o motorista do coletivo (ou outro veiculo qq) tem por obrigação parar e verificar se pode ou não passar. Esta observação é ATÉ MESMO DESNECESSÁRIA ENTRAR NO CODIGO DE TRANSITO....É OBVIO...!!!
tiengo

 

Postar um comentário

<< Home