Zona de Risco

Acidentes, Desastres, Riscos, Ciência e Tecnologia

quarta-feira, fevereiro 22, 2017

Trabalhador disparou pistola de prego e atingiu a virilha


Um operário de 22 anos tem sorte de estar vivo depois de disparar acidentalmente um prego de 90 mm na própria virilha – quase atingindo a aparelho genital.
Sam Rees errou ao puxar o gatilho de uma pistola de pregos pneumática que ocasionou uma lesão dolorosa enquanto trabalhava em um local perto de Swansea, Inglaterra.

Ele disse: estava usando uma pistola de pregos, infelizmente eu estava usando algo para atingir‑me e o prego ricocheteou e atingiu a  virilha.  

O proprietário da empresa Meagher, disse que Rees  estava calmo  com o prego cravado  na virilha na quinta-feira passada. Ele veio até mim e disse que atirou em si mesmo.
 É algo que não deveria acontecer, e a princípio não conseguia ver nada. E então, eu vi. Eu fiquei branco. Eu disse-lhe: "Jesus, o que é isso?" Não pude acreditar.

Ele não estava chorando ou gritando de dor era só calmaria. Ele disse que sua perna estava começando a ficar dormente, mas seu comportamento não estava mudando.
Meagher disse que Rees  até perguntou-lhe se  poderia tirar o prego,  mas aconselhou que poderia causar mais danos. Ele realmente não sabia que era tão sério até quando chegou ao hospital. Tive que fazer uma pequena cirurgia para remoção. O prego tinha 90 mm de comprimento e penetrou 70 mm.  

Os médicos disseram que quase atingiu a artéria, por pouco, 10 mm. Se tivesse retirado o prego teria sangrado até a morte. Fonte: MailOnline – published,  21 February 2017 

Artigo publicado

 

Comentário:
As pistolas de prego são poderosas, fáceis de usar  e aumenta a produtividade das tarefas. Elas também são responsáveis por um número estimado de 37.000 visitas a pronto-socorros  a cada ano – 68% destes envolvem trabalhadores e 32% envolvem consumidores. Ferimentos graves têm levado a mortes  trabalhadores de construção. Felizmente, essas lesões podem ser evitadas, e cada vez mais empresas estão fazendo mudanças para melhorar a segurança da pistola de prego. Pesquisa mostra que o risco de lesão é duas vezes mais alto, usando o "contato" disparar a pistola de prego em comparação com  gatilho "sequencial". Fonte: CDC-Center for Disease Control and Prevention

Marcadores:

Print Friendly and PDF

posted by ACCA@3:03 PM