Zona de Risco

Acidentes, Desastres, Riscos, Ciência e Tecnologia

quarta-feira, maio 08, 2013

Cilindro cai, explode e deixa um morto


A explosão aconteceu por volta das 08:10 da manhã de terça-feira, 7 de maio, na Conselheiro Dantas, bairro Praça Kenedy em Alagoinhas, no momento em que o cilindro de acetilênio e oxigênio estava sendo descarregado do caminhão Iveco branco, placa NZD 9868 licença Alagoinhas, que presta serviço a empresa de gases industriais Romac Comercio.

QUEDA DO CILINDRO
Segundo informações de moradores, no momento em que o cilindro estava sendo descarregado pelo motorista Carlos , 38 anos, que estava em cima da carroceria do veiculo, caiu sobre o solo, explodiu em seguida e atingiu o mesmo.
O motorista perdeu muita massa encefálica, está em estado grave no hospital regional, respirando por ajuda de aparelhos.

VÍTIMAS   
Quatro pessoas que passavam pelo local no momento da explosão foram atingidas, sofrendo leves escoriações.  As vítimas foram atendidas por ambulâncias do serviço de atendimento móvel de urgência (SAMU), sendo encaminhadas em seguida até o hospital regional Dantas Bião.

DANOS MATERIAIS
Três veículos foram atingidos pelos estilhaços do cilindro, sendo: 1 Palio vermelho placa JSQ 6102, um Uno branco placa NTO 7105 e um Fiat Strada prata, placa JRU 1909, todos com licença de Alagoinhas.

CILINDRO- FOGUETE
Com a explosão o cilindro de oxigênio, 60 kg,  subiu no sentido vertical, indo parar a 300 metros,  atravessando parte do telhado da residência n° 47 na 1ª travessa Jose Joaquim Leal, ficando cravado no piso da garagem da casa. Outra residência localizada na mesma rua foi atingida, danificando uma parte do teto na sala e banheiro.

FATALIDADE
Faleceu no início da tarde de terça-feira, 07 de maio, no hospital Regional Dantas Bião, o motorista.

Fontes: G1 BA-07/05/2013, Esplanada News, 07/05/2013

Comentário:

PRECAUÇÕES NO MANUSEIO E ESTOCAGEM
Nunca permita óleo, graxa, ou qualquer outra substância altamente combustível entrem em contato com os cilindros, válvulas, reguladores, medidores, ou acessórios para oxigênio. Nunca lubrifique válvulas, reguladores, medidores, ou acessórios de oxigênio com óleo, graxa ou qualquer outra substância combustível. Equipamentos defeituosos devem ser enviados para reparo em empresas especializadas. Cilindros de oxigênio não devem ser estocados perto de cilindros de acetileno ou qualquer outro material combustível. Quando os cilindros de oxigênio devam ser estocados a uma distância inferior a 8m de qualquer outro material combustível, deve existir uma barreira resistente ao fogo entre eles. Os cilindros de oxigênio nunca devem ser diretamente aquecidos por chamas ou vapor. Os cilindros de oxigênio devem ser estocados em área bem ventilada e longe de fontes calor intenso. Durante o uso os cilindros devem ser presos com uso de corrente para evitar queda.

Fotos: plataforma para movimentação de cilindros

INFORMAÇÕES PARA TRANSPORTE
Dados os riscos envolvidos e a complexidade das exigências de segurança legais normativas para o transporte de produtos perigosos em geral, e especificamente do oxigênio sugerimos que os clientes não transportem gases a granel ou em cilindros, a menos que estejam altamente familiarizados com as exigências mencionadas e possuam os equipamentos e recursos necessários. As informações que se seguem têm caráter puramente ilustrativo e não estão completas.

O transporte do oxigênio em cilindros deve ser feito em caminhão equipado com carroçaria metálica aberta, que possua condições de transportá-los em posição vertical e que esteja devidamente sinalizado e equipado com o kit de emergência apropriado ao produto ou produtos que esteja sendo transportado. O motorista deve possuir habilitação compatível com o tipo e porte de veiculo utilizado e ter participado com aproveitamento de curso de “transporte de produtos perigosos” ministrado por estabelecimento de ensino reconhecido.

Em toda operação de transporte os seguintes documentos são de porte obrigatório: habilitação do motorista, certificado de conclusão do curso de transporte de produtos perigosos, envelope de transporte contendo: notas fiscais dos produtos transportados e suas fichas de emergência.

Normalmente o kit de emergência para o transporte de gases é constituído de: 10 cones de sinalização, 4 placas auto portantes com inscrição “Perigo Afaste-se” com dimensões mínimas de 340 x 470 mm, 100 metros de fita zebrada com largura mínima de 70 mm, 06 suportes para sustentação da fita zebrada, 02 calços de madeira de 150 x 150 x 200 mm, 01 caixa com jogo de ferramentas, 01 lanterna grande com pilhas novas carregadas, isto além de EPI´s como óculos de segurança, pares de luvas de raspa de couro, capacete, etc. em perfeitas condições e em quantidade suficiente para o motorista e demais ocupantes do veiculo de transporte. Isto sem falar em extintores de incêndio e demais item de segurança do veículo. No caso específico do oxigênio as leis e normas vigentes devem ser consultadas para verificar se existem requisitos adicionais.

Além das sinalizações regulares como faixas refletivas na carroçaria e para choques, as unidades de transporte devem estar sinalizadas com rótulos de risco, alem de painéis de segurança. Como os regulamentos normativos para a sinalização do veiculo são muito complexos nos limitamos a informar abaixo somente os dados principais que devem definir a sinalização do oxigênio recomendamos que seja consultada a coletânea de normas ABNT para o transporte terrestre de produtos perigosos. Fonte: Gama Gases

Marcadores: ,

Print Friendly and PDF

posted by ACCA@12:32 PM