Zona de Risco

Acidentes, Desastres, Riscos, Ciência e Tecnologia

sábado, agosto 25, 2012

Videogames podem causar inflamações musculares

Um novo tipo de lesão muscular vem preocupando os especialistas na área. Trata-se do "Wii-ite" que acomete, geralmente, quem passa longos períodos jogando videogames caseiros. Segundo a médica Jennifer Roth, especializada em medicina esportiva, o problema é mais sério do que se imaginava inicialmente.

— O termo Wii-ite define as lesões associadas à prática excessiva de esforço físico em jogos de Wii ou qualquer outro jogo interativo de vídeo — explica a especialista da Clínica Mayo que relata estar tratado diversos pacientes que sofrem com essas dores.
A médica alerta que essas lesões por esforço excessivo e repetitivo podem causar inflamação e dor no ombro, no cotovelo e nos punhos. Além disso, outros problemas, como distensão muscular e, ocasionalmente, estiramento muscular também podem ocorrer.

— É importante seguir as instruções e usar o equipamento de videogame de forma sensata. Não se pode cometer excessos — afirma.

Jennifer ressalta, no entanto, que a prática moderada do videogame pode, inclusive, ajudar quem não consegue malhar ou praticar algum exercício físico.

“O Wii pode ser um bom aparelho de exercício quando praticado de forma adequada – e uma alternativa de atividade física para pessoas que levam vidas sedentárias”, diz a médica. O essencial é jogar com moderação e saber o que se está fazendo. É importante seguir as instruções e usar o equipamento de videogame de forma sensata. “Não se pode cometer excessos”, afirma o cirurgião ortopédico da Clínica Mayo de Rochester, Minnesota, John Sperling.

Algumas dicas:
Antes de jogar Wii, defina um tempo razoável de jogo, algo entre 20 a 30 minutos. 
Se sentir uma lesão, pare de jogar, tome um medicamento antiinflamatório e repouse. Se a dor persistir por alguns dias, consulte um médico.

Fonte: Zero Hora e Scientific American Brasil - 10 de dezembro de 2010

Comentário:

No manual das empresas de games, alertam sobre  o uso contínuo do videogame.
AVISO – LESÕES POR MOVIMENTOS REPETITIVOS E FADIGA OCULAR
Jogar jogos de vídeo pode provocar dores nas articulações, nos músculos, na pele ou nos olhos. Segue estas instruções para evitar problemas como tendinites, síndrome do túnel carpo, irritação da pele ou fadiga ocular:
■ Evitar jogar excessivamente. Os pais devem vigiar os seus filhos, para que estes joguem de forma adequada.
■ Fazer uma pausa de 10 a 15 minutos de hora a hora, mesmo que não considere necessário fazê-lo.
■ Se sentir  que as mãos, pulsos, braços ou olhos ficam cansados ou doloridos enquanto jogam, ou se tiver sintomas como tremor, torpor, formigamento, dormência, queimação, cãibras, falta de sensibilidade dos membros, pára e descansa durante algumas horas antes de continuar a jogar.
■ Se os sintomas acima descritos persistirem ou se sentir qualquer mal-estar, durante ou após o jogo, pára de jogar e consulta um médico.

O mundo virtual do entretenimento está provocando doenças típicas relacionadas ao trabalho precocemente, tais como;
■ lesões de esforços repetitivos,
■ problema de acuidade visual denominado de "Síndrome de Inibição monocular" em pessoas que trabalham durante muitas horas colocadas de forma incorreta em frente tela do computador,
■ problema de audição (surdez) devido à utilização de fones de ouvido de aparelhos de eletrônicos.
A vida moderna tem criado condições para o desenvolvimento de obesidade em crianças na medida em que, os pais impedem seus filhos de saírem de casa por causa da violência nas ruas. Desta forma, as crianças não podem correr nas praças, andar de bicicleta e participar de outras brincadeiras de criança, ou seja, não queimam calorias. As crianças ficam em casa, em seus quartos, jogando videogames, navegando na internet, assistindo vídeos ou TV´s.
Uma pesquisa americana revelou que 26% das crianças e jovens, numa amostragem de 4000 entre 8 e 16 anos, passavam quatro ou mais horas diariamente em frente da televisão. É necessário que os pais monitorem melhor as atividades de seus filhos, impondo horários para se dedicarem às diversas atividades, inclusive à prática de esportes.


Marcadores: ,

Print Friendly and PDF

posted by ACCA@12:13 PM