Zona de Risco

Acidentes, Desastres, Riscos, Ciência e Tecnologia

terça-feira, agosto 23, 2011

Um prego de 10 cm foi removido da cabeça do trabalhador

Um trabalhador da construção civil da empresa North Texas está se recuperando em casa depois de levar um tiro acidental na cabeça com uma pistola de pregos.

Médicos do hospital Medical da cidade de Plano disseram que o trabalhador estava apenas fazendo seu trabalho em um canteiro de obras na sexta-feira, 12 de agosto, quando alguém lhe entregou uma pistola de pregos. Ele saiu e disparou um prego anelado de 10 cm acidentalmente em seu cérebro.

"O crânio parou o prego como se fosse uma madeira. A cabeça do prego, uma vez, que atingiu o crânio, parou ", disse Dr. Rob Dickerman, neurocirurgião do hospital da cidade de Plano.

“O paciente foi submetido a uma cirurgia arriscada para remover o prego de seu lóbulo dominante. Você faz um movimento errado ou de um milímetro de distância aqui ou ali, pode ser um resultado desastroso. Apesar de as chances de paralisia ou mesmo a morte, a cirurgia foi um sucesso e espero que o trabalhador se recupere completamente. Ele acordou e está bem. Os exames pós-operatórios pareceram bons, não houve sangramento. . É um caso interessante com um grande resultado", ”, disse Dr. Rob Dickerman

Fonte: FOX 4 News - 12 Aug 2011

Comentário Perigo de pistola de pregos

Ferimentos com pistola de pregos não são incomuns, de acordo com o CPWR - O Centro de Pesquisa e Formação para Construção, que publicou um alerta sobre perigo pistolas de pregos em 2008.

Um perigo significativo, é o aviso de alerta: as pistolas de pregos têm dois tipos de gatilhos: um disparador de gatilho de contato, que pode disparar a qualquer momento que tanto pode ser pelo gatilho e pela ponta pressionada, e um gatilho seqüencial, que requer a ponta (entre em contato elemento) a ser pressionado antes de puxar o gatilho. O gatilho seqüencial minimiza o risco de acidente descarregando os pregos.

O problema, CPWR diz: Os dois gatilhos de disparos parecem exatamente iguais.

Em 2008, 28.600 trabalhadores foram feridos por pistola de pregos, de acordo com o Centro dos de Controle de Doenças dos Estados Unidos (U.S Centers for Disease Control.). Cerca de dois terços de lesões de pistola de pregos foram nas mãos e dedos.


Foto: CPWR: O Centro de Pesquisa e Formação de Construção . Dezenas de milhares de lesões pistola de pregos ocorrem a cada ano, cerca de dois terços deles na mão e dedos.

O tratamento de lesões de pistola de pregos custa cerca de 338 milhões dólares por ano, incluindo custos de reabilitação e seguro de acidentes, de acordo com a Comissão de Segurança de Produtos de Consumo dos Estados Unidos (Consumer Product Safety Commission).

Marcadores: ,

Print Friendly and PDF

posted by ACCA@11:49 AM