Zona de Risco

Acidentes, Desastres, Riscos, Ciência e Tecnologia

quinta-feira, julho 07, 2011

Mega tempestade de areia em Phoenix, Arizona.

Fotos e vídeos aterrorizantes tirados de uma parede de areia que cobriu Phoenix, Arizona, na terça-feira, 5 de julho, iniciando a estação de monções.

"Muito grande e histórico" são as palavras que o Serviço Nacional de Meteorologia de Phoenix usou para descrever esta tempestade de areia que trouxe relatos generalizados de visibilidade quase zero e rajadas de vento superiores a 80 km/h.

A tempestade de areia foi estimada com altura máxima de pelo menos 1.500 a 1.800 m, com uma cobertura aérea na borda principal de quase 160 quilômetros, de acordo com o Serviço Nacional de Meteorologia. A tempestade viajou pelo menos 240 quilômetros.

Um caminho de areia e detritos foi deixado em toda a área de Phoenix. Aproximadamente 10.000 moradores ficaram sem energia. O aeroporto internacional de Phoenix ficou fechado por quase uma hora, prejudicando os horários vôos até quarta-feira.

A poeira remanescente está criando problemas de saúde para pessoas com asma e outras doenças respiratórias.

Estas tempestades são comuns no sudoeste os EUA durante o verão, que é a estação das monções na região. Durante a monção, uma mudança geral em ventos em todo o sudoeste provoca umidade tropical, resultando em um aumento significativo na atividade de trovoadas e chuva.

As tempestades que se desenvolvem podem produzir downdrafts forte, ou "downbursts", que são fortes ventos com rajadas descendentes e fora das trovoadas.

"Quando isso acontece, a areia seca e solta no solo do deserto pode ser levantada, criando uma parede de poeira que se locomove, abrangendo uma área muito maior do que a própria tempestade".

Downburst – Corrente de ar originária de tempestade, descendente fria se espalha e forma uma “frente de rajada, a qual pode incluir ventos fortes (“downburst”)
A corrente descendente é resultante da evaporação da precipitação, que causa o esfriamento (e aumento da densidade) do ar

Strong outflow – escoamento de superfície muito forte do vento

Tempestades de areia que se desenvolvem deste modo são também chamados de haboobs. Podem ocorrer em regiões desérticas em todo o mundo.

Devido ao clima tão seco em todo sudoeste nesta primavera e início do verão, não demorou muito para o vento levantar uma grande quantidade de poeira.

"Chuva com essas tempestades de verão é tipicamente irregular e o solo do deserto está seco para que a tempestade levante poeira antes que chuva possa atingir o local", explicou o meteorologista da AccuWeather.com Jim Andrews.

"A poeira cobre geralmente uma área muito maior do que a chuva e a tempestade nunca pode chegar aos lugares onde está a poeira", disse Andrews.

A área de Phoenix só recebeu centésimos de mm de chuva, quando ocorreram as tempestades na de terça-feira e à noite.

As tempestades inicialmente surgiram a sudeste de Arizona, causando inundações na cidade de Tucson antes de se locomover para oeste através de Arizona e desertos da Califórnia.

Andrews apontou que inundações graves, mas localizada eclodiu em alguns dos desertos da Califórnia e a sudoeste de Arizona, especialmente ao longo da região do Baixo Vale do Colorado.

Enquanto a chuva causou problemas de inundações relâmpagos em espaço muito curto, é muito necessária, devido a seca moderada e excepcional em grande parte do sudoeste.
Mais chuva será necessária em uma base regular para ajudar a melhorar a situação da seca e diminuir o risco incêndios que assolou a região.

Fonte:AccuWeather - Jul 7, 2011

Vídeo:

Marcadores:

Print Friendly and PDF

posted by ACCA@9:50 AM