Zona de Risco

Acidentes, Desastres, Riscos, Ciência e Tecnologia

sexta-feira, maio 14, 2010

Paletes no setor de produção?

Pequenas cargas para diversos processos em lotes foram transferidas para recipientes pequenos e colocadas em paletes perto dos reatores, assim eles estariam disponíveis quando necessários.
Ocorreu um incêndio no edifício de produção, próximo ao local do palete. O fogo foi extinto pelo sistema de sprinklers e não houve feridos.
No entanto, o fogo causou danos no painel de distribuição de energia elétrica, na fiação elétrica de instrumentação e controle. Em conseqüência desses danos a fábrica ficou paralisada por longo tempo para reforma.

Foto - mostra uma reconstituição do palete de matéria prima.


A investigação mostrou que alguns dos materiais nos recipientes eram incompatíveis, e ao longo do tempo vazaram dos contêineres danificados ou transbordaram ou derramaram.

Foto- mostra o palete após o fogo

Parte deste material penetrou por uma grelha no piso e atingiu uma bandeja de cabos subterrâneo. Era difícil ver o material derramado na bandeja de cabos ou para limpá-lo.
Com o tempo algum o material vazado reagiu, aqueceu e irrompeu em chamas.

VOCÊ SABIA?
■ Muitos produtos químicos são incompatíveis, e podem causar incêndios ou vapores tóxicos quando eles reagem.
■ Quando os materiais incompatíveis reagem, eles podem se aquecer suficiente para inflamar-se e iniciar um incêndio.
■ Materiais incompatíveis derramados podem não reagir imediatamente. A reação pode iniciar lentamente e ficar suficientemente quente para irromper em chamas depois de algum tempo.
■ Ordem e limpeza (housekeeping) não são apenas em relação à aparência – materiais vazados podem provocar incêndios e riscos à saúde.

Foto - mostra alguns cabos danificados.

O QUE VOCÊ PODE FAZER?
■ Conheça a compatibilidade de produtos químicos (FISPQ ou MSDS) de sua fábrica e siga os procedimentos para manter separados os materiais incompatíveis na armazenagem e uso.
■ Muitas fábricas utilizam uma tabela de compatibilidade química para resumir essa informação.
■ Inspecione regularmente os recipientes e se assegure que eles estejam rotulados. Substitua qualquer recipiente danificado ou vazando.
■ Manter o local limpo imediatamente para qualquer tipo de vazamento. Não deixe acumular material derramado, esperando entrar em contato com outros materiais.
■ Manipulação de recipientes cheios ou vazios em locais apropriados e autorizados, onde pode ser feito com segurança.
■ Não armazene produtos químicos próximo a saídas de emergência, chuveiros ou lava-olhos, caixas elétricas, bandejas de cabos ou de qualquer equipamento importante.

Fonte: Safety Beacon - July 2006

Comentário:
Paletes em zonas de produção
É freqüente a presença de pilhas de paletes vazios em áreas de produção. A necessidade de colocar os produtos intermediários ou acabados em paletes causa essas acumulações. Este fato, embora completamente lógico do ponto de vista operacional para a produção, pode ter resultados desastrosos no caso de se deflagrar um incêndio sem que tenham sido adotadas normas mínimas de segurança e proteção.
Os requisitos para proteção de armazenamentos ou pilhas de paletes vazios são, normalmente, mais rigorosos que os exigidos para os riscos comuns existentes nas fabricas.
Por isso, uma área da fabrica cuja proteção está de acordo com a ocupação e a utilização que dela normalmente se faz, pode ficar completamente exposta perante um incêndio que afete uma pilha de paletes, já que os meios de proteção da área não estão dimensionados para essa finalidade.

Em conseqüência das razoes expostas devem ser consideradas as seguintes normas gerais de proteção para o armazenamento de paletes em áreas de produção:
■ as quantidades de paletes em áreas de produção devem ser reduzidas ao mínimo necessário ao funcionamento normal da fabrica;
■ como norma geral, a altura máxima recomendada para as pilhas de paletes é de 1,80 m; considera-se que o combate a incêndios com estas características (em pilhas de paletes), não difere muito numa área de produção normal, por isso, se área de produção está bem protegida, os meios de proteção deverão ser suficientes para debelar um eventual incêndio nos paletes;
■ caso seja necessário fazer várias pilhas de paletes, é aconselhável que sejam mais afastadas possíveis uma das outras, deve-se evitar, a todo custo, o acúmulo excessivo de paletes numa mesma área;
■ no caso de existir um sistema de "sprinklers", devem ser analisadas as características da instalação existente, em especial no que se refere aos parâmetros de densidade de descarga e área de cobertura e, a partir deles, determinar a altura máxima admissível para as pilhas de paletes. Fonte: Instrucciones Técnicas Itsemap de Protección contra Incêndios – Fundación Mapfre

Vídeo:
Este é um teste de como se comportam paletes com aerossóis submetidos ao fogo. É comum no setor de manutenção e principalmente no setor de armazenagem. Os aerossóis sob pressão se comporta como se fosse foguetes quando aquecidos. Excelente vídeo


Marcadores: , ,

Print Friendly and PDF

posted by ACCA@12:56 PM