Zona de Risco

Acidentes, Desastres, Riscos, Ciência e Tecnologia

quinta-feira, dezembro 17, 2009

Recall de persianas nos EUA após acidentes fatais

Mais de 50 milhões de todos os tipos de persianas (verticais, romanas, plissadas, de rolos, etc.) foram feitos recall nos E.U.A, por causa de acidentes fatais e estrangulamentos.

O recall afeta toda indústria de persiana e está sendo supervisionado pela Comissão de Segurança de Produtos ao Consumidor (Consumer Product Safety Commission), e o Conselho de Segurança de Persianas e Cortinas (Window Covering Safety Council).

Desde 2006, cinco mortes e quase 16 estrangulamentos foram registradas por persianas romanas, enquanto desde 2001, três mortes foram registradas por persianas verticais.

No entanto, a taxa de fatalidade era muito maior antes de 2000. Esse ano, a indústria modificou seus produtos, fornecendo kits de reparo gratuito para persianas horizontais e outros tipos de persianas. Desde 1990, cerca de 200 crianças e bebês morreram acidentalmente estranguladas por cordões de persianas nos E.U.A

O recall atual segue pelo menos nove outros casos nos últimos anos e envolve todas as marcas de persianas fabricadas em vários países do mundo, incluindo China, Taiwan, Tailândia e os E.U.A.

A agência de Saúde do Canadá ainda não emitiu um recall, mas está acompanhando de perto esse problema para determinar se ações são necessárias no país. Entretanto, a agência de Saúde do Canadá lançou um alerta para "lembrar os consumidores sobre o perigo de possível estrangulamento apresentado por estes produtos." Desde 1986, no Canadá, pelo menos, 28 crianças e bebês morreram e houve 22 incidentes quase fatais.

O Conselho de Segurança de Persianas e Cortinas (The Window Covering Safety Council) está oferecendo vários tipos de kits de reparos para os consumidores dos E.U.A e Canadá.

Eles incluem trava de cordões, dispositivos de proteção. Um folheto de segurança com instruções atualizadas acompanha

A Comissão de Segurança de Produtos ao Consumidor (Consumer Product Safety Commission), e a indústria pediram aos pais para examinar todas as persianas da casa e verificar se elas têm cordas acessíveis. Cordões mais curtos são recomendados para todas as casas onde as crianças vivem ou visitam.

Os estrangulamentos nas persianas tipo romana podem ocorrer quando uma criança coloca seu pescoço entre o cordão de recolhimento exposta e do tecido na parte de trás da persiana ou puxa o cordão para fora e envolve ao redor de seu pescoço.

O risco com persianas verticais pode ocorrer se o laço do cordão de elevação da persiana e o pescoço de uma criança embaraça durante o movimento ou se uma criança coloca seu pescoço entre o laço do cordão de elevação da persiana.
A Comissão de Segurança de Produtos ao Consumidor (CPSC -Consumer Product Safety Commission), disse que tem investigado as persianas ao longo dos últimos 15 anos e trabalhando com o Conselho de Segurança de Persianas e Cortinas (Window Covering Safety Council) para fazer as persianas mais seguras.

Foto: Pressão do cordão no pescoço da criança
"Elogiamos o Conselho por fornecer aos consumidores os kits de reparo para tornas as persianas mais seguras e esperamos que os próximos passos é eliminar esses riscos," disse Inez Tenenbaum da CPSC, em um comunicado à imprensa.

Cerca de cinco milhões persianas romanas e três milhões de persianas verticais são vendidas anualmente nos E.U.A.

A agência de Saúde do Canadá enumerou várias recomendações para tornar mais segura as persianas, tais como;
■ Manter os cordões das persianas fora de alcance das crianças.Certificar se as crianças não conseguem alcançar os cabos ou cordões.
■ Nunca coloque berço, cama, cadeira de bebê ou perto de uma janela, onde uma criança pode alcançar a persiana ou o cordão e estrangular.
■ Não coloque sofás, cadeiras, mesas, prateleiras ou estantes perto das janelas. Isto irá impedir as crianças de subir para alcançar à persiana ou o cordão.
■ Corte os cordões mais curtos, quando as persianas estão totalmente para baixo ou quando as persianas estão totalmente fechadas.
■ Retire o laço do cordão, cortando o cordão na metade. Em seguida, coloque bolas de plástico ou um dispositivo de separação no final dos cordões.
■ Para persianas verticais, instale presilhas ou ganchos. Você pode comprar estes dispositivos em lojas de ferragens. Ao instalar a presilha ou gancho, siga as instruções do fabricante que vêm com o produto. Certifique-se a presilha ou gancho está bem presa à parede ao lado da janela.
■ Enrole a corda em torno de um grampo ou dois pregos ou parafusos que tenha aderido à parede perto da parte superior das persianas ou cortinas, alto e fora do alcance das crianças.
Use um clipe, prendedor de roupa ou laço de torção grande para manter o cordão mais alto e fora do alcance das crianças.~

Fonte: CBS News - Tuesday, December 15, 2009

Comentário:
Fases da criança
■ 0 aos 6 meses - a criança precisa de proteção o tempo todo e os acidentes tendem a ocorrer mais freqüentemente quando ela adquire o hábito de se virar, engatinhar e pegar objetos.
7 aos 12 meses - As crianças nesta faixa etária, já começam a engatinhar, ficam de pé e podem começar a caminhar. Eles põem tudo na boca. Deve-se ter cuidado
■ 1 a 3 anos - as crianças de 1 a 2 anos são muito ativas e têm necessidade de investigar, escalando, abrindo portas e gavetas, retirando coisas de armários e brincando. Elas estão muito interessadas no que estão fazendo e tem pouca consciência dos perigos que podem estar correndo.
■ 3 a 5 anos - a criança explora a vizinhança, corre, escala, anda com velocípede, aprende a andar de bicicleta, brinca com outras crianças, atravessa a rua e esses movimentos precisam ser feitos sob atenta vigilância.
A casa é um labirinto de riscos camuflados que se espreitam, faltando apenas o toque mágico para que eles comecem a trabalhar negativamente provocando acidentes, principalmente em crianças.
A criança é Indiana Jones em busca de aventura e perigo, portanto os pais deverão estar atentos das brincadeiras das crianças, o menor descuido é fatal.
A casa é um labirinto de riscos e a criança está descobrindo o seu mundo ou o seu redor, mexe em tudo e de outro lado um produto, a persiana, considerada um produto seguro para um adulto, mas está alcance de uma criança para brincar, pendurar, puxar ou enrolar nas partes móveis, lâminas, cordões, etc. e provocar acidentes.

Vídeo:

Marcadores:

Print Friendly and PDF

posted by ACCA@1:22 AM

2 Comments:

At 1:32 PM, Blogger Flávio said...

Olá, como vai? Meu nome é Flávio e sou amputado dos braços há 10 anos. Em 2001, montei um site de auto-ajuda onde recebemos 50.000 mil visitas ao mês,nosso pagerank é 5 de todo Brasil. Também fiz palestras esse ano, Gostaria de saber se podemos ser parceiros, fazendo troca um De link Minhas palestras são direcionadas para segurança e Sipat.
Algumas empresas, aonde fizemos Petrobras,Furnas,Kelloggs,Cacique No ano 2009 estaremos com stand na feira Reatech e Expo Proteção(feira especializada para pessoa com deficiência), maior feira do mundo, onde circula 35.000 mil visitas, em São Paulo.

www.amputadosvencedores.com.br

Vejam Entrevista que fiz para Jornal de Londrina.
Veja entrevistas a jornais:
http://www.amputadosvencedores.com.br/exibe_conteudo.asp?id=104&local=18

http://www.diariodopontal.com.br/notjun04b.htm

Veja degustação da minha palestra:
http://www.amputadosvencedores.com.br/exibe_videos.asp?id=39

abraços Flávio.

 
At 1:05 PM, Blogger ACCA said...

Ok, já fiz o link de seu site.
César

 

Postar um comentário

<< Home