Zona de Risco

Acidentes, Desastres, Riscos, Ciência e Tecnologia

sábado, abril 21, 2007

Carregadores deixam cair piano de R$ 180 mil na Grã-Bretanha

Um piano de cauda com valor estimado em 45 mil libras (pouco mais de R$ 180 mil) ficou praticamente destruído depois de escorregar do carrinho onde estava sendo carregado na hora da entrega, no Condado de Devon, na Grã-Bretanha.

Ao ser retirado do caminhão de entregas e removido para um carrinho, o instrumento escorregou e acabou caindo em um pequeno barranco na casa do casal.

Comprado em leilão
O instrumento havia sido comprado em um leilão pelo casal John e Penny Adie, que pretendiam usá-lo no Two Moors Festival, destinado a levantar fundos para sua comunidade, prejudicada pela febre aftosa.

Registro do incidente
Animada com a chegada do piano, Penny começou a tirar fotos, e acabou registrando o desastre.

Sem esperanças
John Adie disse ter perdido as esperanças de ver o piano inteiro novamente.
"O piano pesa quase uma tonelada, tem 10.000 partes móveis e caiu de uma altura de 2,5m", disse. "Como você pode garantir que ele vai funcionar outra vez?"
O instrumento da marca austríaca Bösendorfer, considerada a "Stradivarius dos pianos", foi levado para Londres, onde estão sendo avaliados os danos provocados pelo incidente.
"Dinheiro não é o problema aqui. Esse tipo de piano é simplesmente insubstituível", disse Adie.
O casal passou dois anos juntando dinheiro da comunidade para comprar o piano em um leilão.

Seguro
O instrumento tem um seguro no valor de 26 mil libras (cerca de R$ 104 mil), o mesmo pelo qual foi arrematado, mas o seu valor de substituição provável é de 45 mil libras (R$ 180 mil).

A transportadora britânica G&R se recusou a comentar o incidente.

Fonte: BBC News - 10 April 2007

Comentário
Nota-se pela fotografia que os carregadores iniciaram a movimentação do piano na plataforma hidráulica com o carrinho sob o piano, na parte mais pesada do piano. Um carregador ficou no caminhão com a função apenas de empurrar o piano para plataforma e outros dois fora do caminhão controlando a descida do piano.
Nesse momento eles cometeram algumas falhas, pois o carregador que estava no caminhão ainda permanecia no local, ele deveria ter saído do local e ter ajudado os demais carregadores na descida controlada do piano.
Para piorar um dos carregadores que estava controlando a descida do piano, estava acionando a botoeira da plataforma para descer ainda mais a plataforma, para que o outro pudesse retirar o carrinho sob o piano. Praticamente ninguém estava segurando/escorando o piano naquele momento e o piano fazia um ângulo, talvez de 45o em relação à plataforma e todo o peso do piano estava concentrado na extremidade do carrinho e a tendência era o piano escorregar devido à inclinação e a falta de seu travamento ou seu escoramento.
Outro método de descida seria a utilização de uma cinta que envolveria o piano e cujas extremidades seriam amarrado na carroceria do caminhão através de dispositivos de tração e soltura e o carregador que estava no caminhão faria o controle da descida do piano.
Outra opção seria uma base deslizante que fixaria o piano, do tamanho do comprimento da plataforma hidráulica.
Foi um autêntico prejuízo causado por procedimento inadequado de movimentação de material pesado. Os carregadores não tinham noção nenhuma dos riscos envolvidos na movimentação de um piano de 500 kg (peça de grande volume e dimensão irregular) .

Print Friendly and PDF

posted by ACCA@6:11 PM