Zona de Risco

Acidentes, Desastres, Riscos, Ciência e Tecnologia

terça-feira, janeiro 09, 2007

Caso Real– 8 de Janeiro de 2007

Hoje às 10 h fui ao banco. Na parte frontal do banco, o passeio está sendo reformado por uma empreiteira. Lá estava um trabalhador com martelete pneumático rompendo o piso. Quando passei ao lado dele, o chão tremia. O trabalhador, um garoto, vestindo o uniforme da empresa, sem protetor auditivo, sem óculos de segurança e luvas, apenas usando a botina. A área não estava isolada para evitar qualquer lançamento de pedaços de concreto nos transeuntes ou nos veículos.

O nível de pressão sonora teórica do martelete pode chegar a 120 db. Os problemas que o martelete pode ocasionar: dano no ouvido a longo prazo e vibração no corpo humano, principalmente mãos e braços (vascular, neurológico e musculoesquelético).

O banco é um dos maiores do país, prega a responsabilidade social (lema talvez da área de marketing). A área de engenharia do banco muito provável deve ter procedimento de segurança que deve ser utilizado pelas contratadas para efetuar a reforma, apenas para atender as normas de segurança, é a famosa inspeção de papel.

Interessante o que acontece nesse país, as normas são alteradas, revisadas, e o Ministério do Trabalho, divulga, desta vez a segurança do trabalho deve melhorar, as normas estão abrangendo todos os problemas que podem acarretar acidentes. Mas os acidentes, as infrações continuam os mesmos há anos. É reprise de um filme que já conhecemos o final; acidente e morte.

Outra coisa interessante, desde de 1978, a formação de profissionais na área estão sempre crescente, mas também acompanha o crescimento de acidentes no mesmo período, o que deveria ser inversamente proporcional.Mais profissionais menos acidentes?
A Segurança do Trabalho no país lembra muito o famoso projeto do Titanic, insubmersível, desde que não colide com algo. O nosso Titanic está fundeado com vazamento por todos lados e o comandante está tentando deixar com flutuabilidade.

Medidas preventivas - . Martelete
Procedimentos
■ Somente operador treinado e capacitado pode operar o equipamento, que deve transportar com ajuda de terceiro e posicionamento seguro no processo.
■ Uso obrigatório de protetor auricular tipo concha e óculos de segurança, bem como proceder a revezamento na operação, devido à vibração excessiva gerada.
■ Equipamento em bom estado de utilização, com pressão interna adequada.
■ Umedecimento prévio do material a ser operado, com operador fazendo uso obrigatório de máscara respiratória facial para poeiras em suspensão.
ACCA

Print Friendly and PDF

posted by ACCA@3:31 AM