Zona de Risco

Acidentes, Desastres, Riscos, Ciência e Tecnologia

terça-feira, outubro 31, 2006

Acidente com soldador

Em 8 de junho de 2006, quinta-feira, por volta das 15h15, Valmir Genézio de Souza, 58 anos, morador na rua Edberto Celestino, no jardim Àgua Boa em Dourados, foi encaminhado para o Hospital Evangélico, após sofrer um acidente de trabalho.

Causa
Proprietário da oficina Souza, Valmir estava soldando um tambor de 200 litros. No momento da ação, o tambor continha uma quantidade de tinner (produto inflamável), que resultou em uma explosão.

Vítima
Teve abertura de crânio, ferimentos gravíssimos, traumatismo craniano e lesões generalizadas pelo corpo. .

Fonte: Dourados Agora

Comentário
Quando existem atmosferas explosivas no interior de tanques, será necessário proceder à eliminação das mesmas antes dos trabalhos: os reservatórios devem ser atestados com água ou inertizados com um gás inerte (por exemplo dióxido de carbono ou nitrogênio).

O tambor vazio ou quase-vazio, o vapor residual de uma pequena quantidade de líquido é suficiente para preencher o tambor com uma mistura explosiva de ar e de vapores inflamáveis. Conseqüentemente, os tambores quase-vazios podem ser significativamente muito mais perigosos do que os tambores que estão cheios. Em geral o trabalhador supõe que o risco de um tambor quase-vazio é inferior do que um tambor cheio.
Porque o risco real “está oculto”, é essencial que os tambores de líquidos inflamáveis advertem com “destaque” o alto risco de explosão de um tambor parcialmente vazio.

Os avisos adicionais em relação ao corte ou soldagem são necessários, assim como instruções para evitar todas as fontes de ignição e manter o tambor fechado completamente. Quanto ao treinamento de empregado sobre os riscos de tambores quase-vazios podem ser úteis, todos tambores usados, frequentemente, podem encontrar-se em mãos de empregados não treinados ou de terceiros.

Isto reforça a necessidade para etiquetagem adequada e chamativa, isso vai além dos avisos usuais para líquido inflamável. Em geral, a pessoa leiga não treinada acredita intuitivamente que menos liquido inflamável significa menos risco, quando o oposto é verdadeiro.

Este caso envolve as seguintes normas e recomendações;
·Comunicação de Riscos
·Norma de líquidos inflamáveis
·Fatores humanos – treinamento
·Manual de Produtos Químicos
·Etiqueta de aviso de perigo

Finalidade da Comunicação de Riscos
·Identificação dos riscos
·Procedimentos de segurança para trabalhar com produtos químicos
·Procedimentos de comunicação de riscos
·A Importância das Etiquetas de Identificação /Etiqueta de alerta
·Equipamentos de Proteção Individual
·Reação a uma Emergência
·Riscos Químicos e Como Controlá-los
·FISPQ – Manual de Produtos Químicos

Fonte: Chemmax Inc.

Print Friendly and PDF

posted by ACCA@11:29 AM