Zona de Risco

Acidentes, Desastres, Riscos, Ciência e Tecnologia

sábado, julho 08, 2006

OS (Ordem de serviço) e o frango

Na terça-feira, à noite, 23 de maio de 2006, fui ao supermercado próximo onde eu moro. Fui comprar pão e o funcionário estava atendendo uma cliente, pediu um frango assado. O funcionário não sabia como tirar o frango do espeto. A cliente explicou como tinha feito, e ele conseguiu tirar o frango do espeto e cortá-lo. Quando ele terminou de atender a cliente, veio atender‑me.

Perguntei para ele: Ninguém ensinou para você como tirar o frango do espeto e cortar? Não, sou novo aqui. Como chegou outro funcionário, que eu conheço, perguntei ; Você não deveria ensinar o funcionário recém contratado como trabalhar no local? Ele sorriu e disse-me: Oh doutor não tenho tempo.
Logicamente quando ele começou a trabalhador, quebrou a cara para aprender e está passando a experiência dele para o recém contratado.

Isso lembra um acidente grave que ocorreu numa fábrica de pneus no Japão, em que uma comissão de funcionários chegou a conclusão: Que os acidentes estão ocorrendo com maior freqüência com os operários mais novos, porque os operários mais antigos não estão tendo mais tempo de ensiná‑los, devido ao próprio sistema de produção e também devido à chegada da aposentadoria. A empresa vai perdendo a memória de conhecimento da experiência, pois hoje, ela está mais preocupada em produzir e atender pedidos, esquece de dar treinamento adequado utilizando os operários mais experientes.

A empresa não percebe que o acidente é um fato passado, que deve ser registrado, transmitido e sugerir que acidentes similares podem ser prevenidos no futuro. Mas isso não acontece na prática, tais acidentes se repetem após um período de tempo. As pessoas mudam e as lições são esquecidas.

Lembra muito, quando o bebê está aprendendo a engatinhar, tudo para ele é novidade, é o Indiana Jones a procura de aventura e perigo. São os pais que vão emitir verbalmente um Procedimento Seguro (PS) para o bebê, o que é proibido ou não, utilizar um DPI (dispositivo de proteção individual) ou um EPC (equipamento de proteção coletiva para residência) ou delimitar uma área para brincar (zona de risco). Não fazemos isso com os operários.
Augusto César

Print Friendly and PDF

posted by ACCA@7:14 AM