Zona de Risco

Acidentes, Desastres, Riscos, Ciência e Tecnologia

terça-feira, julho 25, 2006

Clima seco e eletricidade estática

A umidade relativa do ar está próxima de atingir estado de alerta em Goiânia. Em julho, a umidade girou em torno de 22%, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia. A Defesa Civil poderá decretado estado crítico, caso atinja menos de 12%. Ano passado a mínima foi de 9%. Este ano pode não ser diferente.

Fonte: Diário da Manhã – Goiânia, 25 de julho de 2006

Comentário
A eletricidade estática é um fenômeno físico que você não vê, mas sente, porque ela causa perda de produção, de tempo, de matéria – prima, podendo ainda criar incêndios, explosões, choque em operadores, contaminações com fuligem ou pó e causar graves danos aos componentes eletrônicos sensíveis, requerendo altos custos de manutenção e/ou reparos em serviços de campo.

PROBLEMAS DECORRENTES DA BAIXA UMIDADE RELATIVA DO AR
· Complicações respiratórias devido ao ressecamento de mucosas
· Sangramento pelo nariz
· Ressecamento da pele
· Irritação dos olhos
· Eletricidade estática nas pessoas e em equipamentos eletrônicos
· Aumento do potencial de incêndios em pastagens e florestas

CUIDADOS A SEREM TOMADOS

Entre 20 e 30% - Estado de atenção
· Evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11 e 15 horas
· Umidificar o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, molhamento de jardins etc.
· Sempre que possível permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas etc.

Entre 12 e 20% - Estado de Alerta
· Observar as recomendações do estado de atenção
· Suprimir exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10 e 16 horas
· Evitar aglomerações em ambientes fechados
· Usar soro fisiológico para olhos e narinas

Abaixo de 12% - Estado de emergência
· Observar as recomendações para os estados de atenção e de alerta
· Determinar a interrupção de qualquer atividade ao ar livre entre 10 e 16 horas como aulas de educação física, coleta de lixo, entrega de correspondência etc.
· Determinar a suspensão de atividades que exijam aglomerações de pessoas em recintos fechados como aulas, cinemas etc entre 10 e 16 horas
· Manter umidificados os ambientes internos, principalmente quartos de crianças, hospitais etc.

Fonte: Cepagri/Unicamp, 04 de Maio de 2006

Print Friendly and PDF

posted by ACCA@6:08 AM