Zona de Risco

Acidentes, Desastres, Riscos, Ciência e Tecnologia

quarta-feira, maio 17, 2006

Riscos de contrair "e-thrombosis"


Funcionários de escritório parados podem contrair trombose venosa profunda (TVP)


O risco dos trabalhadores de escritório de serem atacados pela trombose, se eles permanecerem em seus computadores por longos períodos de tempo sem interrupção, disse um especialista em saúde ocupacional

O aviso veio quando surgiu em um programador de computador de Bristol, que quase morreu após 12 horas de trabalho ininterrupto diante de um computador, que é considerado ser um dos primeiros casos no Reino Unido de um fenômeno crescente de “e-thrombosis” (trombose eletrônica) .

O diretor do hospital do Charity Lifeblood, Beverly Hunt, disse que poucos funcionários de escritório têm consciência que eles podem ser afetados na mesma maneira que passageiros de avião. O diretor acrescentou : A “Imobilidade é um fator chave em causar a trombose.” O termo “e-thrombosis” foi denominado depois que um homem de 32 anos em Nova Zelândia sofreu inexplicavelmente uma embolia pulmonar. Ele freqüentemente passava 12 horas por dia diante de seu computador e não se levantava por horas.

O programador de computador de Bristol, Chris Simmons, 41, disse como ele caiu prostrado após passar 12 horas diante de seu computador e foi incapaz de se mover. Alguns dias mais tarde, ele começou a tossir sangue e submeteu-se a uma ressonância magnética nuclear. Uma embolia pulmonar- um coagulo de sangue que viajou de sua perna e alojou em seu pulmão - foi uma mancha. Chris Simmons, que trabalha em casa, mudou sua rotina. “Agora, eu saio do computador mais freqüentemente, mesmo se for apenas para brincar com os gatos por 10 minutos, ou vou fazer um chá,” disse.
The Guardian - Tuesday May 9, 2006

Comentário:

O QUE É TROMBOSE?
Trombo (grego,Thrómbos) significa coágulo sangüíneo. Trombose é a formação ou desenvolvimento de um trombo.
A trombose pode ocorrer em uma veia situada na superfície corporal, logo abaixo da pele. Nessa localização é chamada de tromboflebite superficial ou simplesmente tromboflebite ou flebite.
Quando o trombo se forma em veias profundas, no interior dos músculos, caracteriza a trombose venosa profunda ou TVP.

POR QUE O SANGUE COAGULA DENTRO DA VEIA?
Nosso corpo é dotado de mecanismos que mantém constante o seu equilíbrio. No sangue há fatores que favorecem a coagulação do sangue, chamados procoagulantes, e fatores que inibem a formação de coágulos, chamados anticoagulantes, responsáveis pela manutenção do sangue em estado líquido. Quando ocorre um desequilíbrio em favor dos procoagulantes, desencadeia a formação do trombo.
Os fatores que favorecem a coagulação são classificados em três grupos:
1 – Estase – é a estagnação do sangue dentro da veia. Isto ocorre durante a inatividade prolongada, tal como permanecer sentado por longo período de tempo (viagens de avião ou automóvel), pessoas acamadas, cirurgias prolongadas, dificuldade de deambulação, obesidade, etc.
2 – Traumatismo na veia – qualquer fator que provoque lesão na fina e lisa camada interna da veia, tais como trauma, introdução de medicação venosa, cateterismo, trombose anterior, infecções, etc., pode desencadear a trombose.
3 – Coagulação fácil ou estado de hipercoagulabilidade – situação em que há um desequilíbrio em favor dos fatores procoagulantes. Isto pode ocorrer durante a gravidez, nas cinco primeiras semanas do pós-parto, uso de anticoncepcionais orais, hormonioterapia, portadores de trombofilia (deficiência congênita dos fatores da coagulação), etc

COMPLICAÇÕES
Quando a trombose é numa veia profunda, o risco de complicações é grande.
Complicações imediatas ou agudas – a mais temida é a embolia pulmonar. O coágulo da veia profunda se desloca, podendo migrar e ir até o pulmão, onde pode fixar em uma artéria e colocá-lo em risco de vida.

PREVENÇÃO
A principal providência é combater a estase venosa, isto é, fazer o sangue venoso circular, facilitando seu retorno ao coração.

Dentro do possível, atente para estas recomendações:
• Faça caminhadas regularmente.
• Nas situações em que necessite permanecer sentado por muito tempo, procure movimentar os pés como se estivesse pedalando uma máquina de costura.
• Quando estiver em pé parado, mova-se discretamente como se estivesse andando sem sair do lugar.
• Antes das viagens de longa distância, fale com seu médico sobre a possibilidade de usar alguma medicação preventiva.
• Quando permanecer acamado, faça movimentos com os pés e as pernas. Se necessário, solicite ajuda de alguém.
• Evite qualquer uma daquelas condições que favorecem a formação do coágulo dentro da veia, descritas anteriormente.
• Evite fumar e o sedentarismo.
• Controle seu peso.
• Se você necessita fazer uso de hormônios ou já foi acometido de trombose ou tem história familiar de tendência à trombose (trombofilia), consulte regularmente seu médico.
• Use meia elástica se seu tornozelo incha com freqüência.
• Nunca se automedique
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Vascular

Print Friendly and PDF

posted by ACCA@11:34 AM